Geral

Médicos confirmam morte cerebral do juiz Jônio Evangelista

O juiz teve um AVC e estava na UTI desde o dia 21 de abril
Fonte: Redação Piauí Hoje | Editor: Alinny Maria 02/05/2018 09:14
O juiz Jônio Evangelista Leal O juiz Jônio Evangelista LealFoto: Arquivo pessoal

Após 10 dias internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital São Marcos, o juiz Jônio Evangelista Leal, 38 anos, teve morte cerebral decretada na noite dessa terça-feira (1º).

O juiz da comarca de Barro Duro (PI), passou mal no dia 21 de abril quando realizava exercício físico em uma academia da zona Leste de Teresina.

Imediatamente ele foi socorrido e levado ao hospital e após passar por procedimento, foi constatado que Jônio sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC) hemorrágico.

Desde então, o juiz está na UTI e foi submetido a procedimentos para verificar se havia atividade cerebral. No dia 25 de abril, após apresentar uma pequena atividade no cérebro, os médicos decidiram não fechar o diagnóstico de morte cerebral e reabriram o protocolo para realização de novos exames.

O juiz deixa uma esposa e dois filhos. A família autorização a doação de órgãos. Informações a respeito do velório e enterro não foram divulgadas.

Comentários