Brasil

Médico recusa atendimento e recém-nascido morre no Maranhão

Paulo Roberto Penha Costa foi preso em flagrante e irá responder por homicídio culposo
Fonte: Noticias ao Minuto | Editor: Redação 01/02/2018 13:41
Paulo Roberto Penha Costa Paulo Roberto Penha CostaFoto: Tribuna Hoje

Um recém-nascido morreu na madrugada desta quarta-feira (1º) em Pinheiro (MA) após ter atendimento rejeitado pelo médico Paulo Roberto Penha Costa, de 44 anos. De acordo com informações do G1, o profissional de saúde foi preso em flagrante. Segundo a Polícia Militar, o bebê em estado grave chegou ao Hospital Materno Infantil em uma ambulância da cidade de São Bento, que fica a 63 Km de Pinheiro. O médico se recusou a atendê-lo pelo paciente vir de outro município. Costa não saiu do quarto para ver a criança ou responder aos questionamentos dos policias e, por isso, recebeu voz de prisão.

O recém-nascido morreu minutos depois dentro da ambulância, em frente ao hospital. O delegado de Pinheiro informou que Costa contou em depoimento que não socorreu a criança por conta de uma ordem da direção do hospital para que não atendessem pacientes de outras cidades e que estes deveriam ser levados para Viana.

Costa foi autuado em flagrante por homicídio culposo e, se não pagar fiança correspondente a 50 salários mínimos, será transferido para o presídio ainda hoje (1°). O advogado do médico não foi localizado pela reportagem.

Comentários

Matérias Relacionadas