Saúde

Maternidade Evangelina Rosa é pioneira no Piauí com guia farmacêutico

Documento contribui com Serviço de Farmácia e Comissão de Farmácia e Terapêutica.
Fonte: CCOM | Editor: Da Redação 11/05/2019 13:01
Maternidade Evangelina Rosa Maternidade Evangelina RosaFoto: Ascom

A Supervisão de Assistência Farmacêutica da Maternidade dona Evangelina Rosa (MDER) é o setor responsável pelo planejamento, execução, processamento, controle da dispensação de medicamentos e correlatos na instituição, em sintonia com o que preconiza o Ministério da Saúde. Lançado no ano passado, o Guia Farmacêutica Unidade Hospitalar, o único em hospital público do Estado, tem contribuído de maneira significante no trabalho, já consolidado, do Serviço de Farmácia e Comissão de Farmácia e Terapêutica (CFT) da MDER.

O livreto apresenta a lista dos medicamentos padronizados revisados, dividindo-os por grupos farmacológicos e/ou usos clínicos e traz a denominação comum brasileira (DCB), apresentação, forma farmacêutica, via de administração, produtos de referência e manuais de diluição.

“Está previsto para o próximo ano a renovação de informações sobre os medicamentos padronizados na instituição. As possíveis alterações na padronização deverão ser fundamentadas por estudos científicos, os quais serão discutidas pela CFT que considerará aspectos farmacológicos, efetividade, segurança terapêutica, farmacocinética, farmacotécnica e farmacoeconomia, além de avaliar alternativas terapêuticas disponíveis”, explica o diretor-geral da maternidade, Francisco de Macêdo Neto.

Ao longo dos últimos dois anos, a Maternidade Dona Evangelina tem intensificado as mudanças estruturais significativas, e, segundo Francisco Macêdo, uma das prioridades é a segurança do paciente, inclusive ligada à terapêutica farmacológica. Contempla ainda os manuais de diluição adulto e neonatal, que assegura o uso correto de medicações injetáveis.

Para atender aos pacientes internados, o serviço de farmácia da MDER funciona diariamente, inclusive feriados 24h. “Os medicamentos são essenciais na recuperação dos pacientes. Eles auxiliam e complementam o tratamento. A farmácia não se restringe apenas ao abastecimento de medicamentos. Ela está comprometida principalmente com os resultados da assistência que presta aos pacientes”, explica Sheyla Baia, coordenadora do Serviço de Farmácia da Evangelina Rosa.

Novo equipamento

Recentemente, pacientes internados na Evangelina Rosa passaram a contar com um serviço de alta tecnologia e que garante personalização na hora de tomar medicamentos, com a implantação de um sistema de dispensaçãoindividualizada. Com a aquisição da máquina unitarizadora automática, é possível fracionar medicamentos em doses unitárias, tanto ampolas, como comprimidos.

"A administração de medicamentos é de suma importância no processo de cuidado ao paciente”, destaca a coordenadora do Setor de Farmácia da Maternidade, Sheyla Baia.

O equipamento possibilita o aperfeiçoamento do tempo de trabalho com redução de profissionais para as unitarizações e excelente qualidade do produto final, embalagens de fácil manejo pela enfermagem e com informações que orientam a administração do medicamento. “O resultado é a redução de erros e com maior segurança para pacientes”, destaca Sheyla.

Uma única unitarizadora automática possibilita ainda um controle mais efetivo dos estoques e redução de desperdícios com os medicamentos fracionados. “A Evangelina está de parabéns, sempre buscando a vanguarda no atendimento de seus usuários(as)”, reforça a coordenadora. O equipamento funciona com montagem de kits contendo os medicamentos necessários para cada paciente. Eles são separados, um a um, na dose exata em que cada paciente precisa. O sistema já está funcionando em quase 100% do hospital.

A MDER é a única referência em serviços de alta complexidade na assistência materno-infantil do Estado do Piauí. É a segunda maior maternidade do Brasil e a primeira da região nordeste em atendimento de pacientes do SUS. A instituição concentra seus esforços na busca permanente da excelência do atendimento integral, individualizado e qualificado a pacientes, além de investir no desenvolvimento científico, por meio da educação e da pesquisa.

Com uma equipe assistencial qualificada, reconhecida como uma das melhores do estado do Piauí, corpo clínico renomado, a MDER possui algumas certificações da área da assistência materno-infantil: Hospital Amigo da Criança - titulo conferido pelo Unicef e pelo Ministério da Saúde, Banco de Leite padrão ouro, referência estadual na Metodologia Canguru (método que tem chancela da OMS), Serviço de Assistência à Mulher Vítima de Violência (Samvvis) considerado o mais organizado do país, além de outros serviços assistenciais pioneiros no estado.

Comentários

Apoio: