Municípios

Margarete Coelho participa da Festa do Vaqueiro em Várzea Queimada

O evento foi realizado neste domingo (27)
Fonte: Governo do Piauí | Editor: Redação 28/08/2017 08:37
Margarete participa da festa do vaqueiro Margarete participa da festa do vaqueiroFoto: Benonias Cardoso

A vice-governadora Margarete Coelho esteve na tradicional Festa do Vaqueiro no povoado Várzea Queimada , situado a cerca de 27 km da cidade de Jaicós. Neste domingo (27), ao lado da comunidade a gestora assistiu a chegada da cavalgada e a missa do Vaqueiro, na igreja São Sebastião.

Vestidos com jibão, chapéus de coro e montados em cavalos os vaqueiros dos municípios de Jaicós, Massapê do Piauí, Patos, Itainópolis e Vera Mendes dão continuidade a história dos que exerceram um trabalho árduo e continuo nas fazendas da região. "A cultura popular nordestina permanece viva com a tradicional festa do vaqueiro. Faço questão de participar todos os anos dessa linda homenagem à esses guerreiros, que diariamente trabalham com a fiscalização do pasto", disse Margarete.

Apesar de utilizarem os cavalos ainda como meio de transporte, os vaqueiros comemoram a obra de mobilidade urbana realizada no trecho de entrocamento que liga a BR 407 ao povoado Várzea Queimada executada pelo Governo do Estado por meio da Secretaria de Estado dos Transportes (Setrans).

"A obra de interligação asfáltica é um sonho realizado para todos da comunidade. O meu avô e todos os outros vaqueiros sonharam muito com essa obra que foi autorizada pela nossa vice-governadora, Margarete Coelho em 2015", destacou a vereadora Pretinha.

Segundo a vice-governadora, a obra de interligação da comunidade à BR dar ao povo da região dignidade e trafegabilidade. "As pessoas hoje tem condições de se deslocar em segurança e sem estar coberto de poeira. Fico feliz em perceber que o nosso trabalho está servindo ao povo", enfatizou.

Ainda na região, Margarete Coelho visitou o povoado de Coroazal e ouviu algumas reinvidicações dos moradores. Mobilidade urbana e saneamento básico foram apresentadas como as principais. O suplente vereador Zé Nilton informou que o que de tem de calçamento hoje não chega a 1.200m. "Queremos sair da poeira. Nosso povoado foi um dos que mais cresceu nesses últimos anos", afirmou.

Solicitações para a área da saúde também foram apresentadas a vice-governadora. A enfermeira Roseane Farias, que trabalha no povoano Bom Nome, do município de Massapê, informou a atual realidade da saúde na região. "Precisamos de um posto de saúde para atender mulheres, idosos e crianças. Estamos atendendo numa escola sem nenhuma estrutura. O médico atende na sala de aula e os enfermeiros na cantina. Os pacientes ficam aguardando sa vez fora da escola, na calçada e podendo muitas vezes perder os sinais vitais por conta do sol, calor e forte iluminação do sol", declarou.

A vice-governadora falou "vimos a extensão do povoado de Bom Nome e percebemos a ausência de mobilidade urbana e saneamento. Vamos procurar trabalhar com equipe essas demandas".

Comentários