Política

Marcelo Castro participa de caminhada com eleitores em Piripiri

Candidato lembrou as obras que levou para o interior do Piauí
Fonte: Assessoria | Editor: Paulo Pincel 25/09/2018 18:53
Marcelo Castro em Piripiri Marcelo Castro em PiripiriFoto: Assessoria

O candidato a senador Marcelo Castro (MDB) participou nesta terça-feira (25) de caminhada pelas ruas do Centro Comercial de Piripiri, município localizado ao Norte do Piauí, distante 167 quilômetros da capital, em busca de apoio político e adesão popular à coligação ‘A Vitória Com A Força Do Povo’, encabeçada pelo governador Wellington Dias.

Liderança da região e candidata a deputada estadual, Jôve Oliveira, demonstrou seu alinhamento com a candidatura do emedebista. “Votamos em Marcelo Castro porque acreditamos nele por tudo que já fez pelo Piauí como deputado federal e pelo tempo que esteve à frente do Ministério da Saúde, onde pode contribuir muito com a Saúde de nosso estado. Como senador vai cuidar dos mais pobres, vai cuidar do nosso estado e vai honrar cada voto que receber dos piauienses”, garantiu.

Com trabalho prestado de norte a sul, Castro conta que a pouco tempo destinou verbas para a cidade. “Aqui em Piripiri recentemente destinei recursos para a construção de um Estádio de Futebol na ordem de um milhão de reais e estou disposto a colocar mais, se houver necessidade”, afirmou.

Marcelo Castrou relembrou ainda sua gestão no Iapep e como contemplou os piripirienses durante sua passagem pela pasta. “Nas nossas andanças, nas nossas caminhadas as pessoas lembram que quando fui presidente do Iapep foi a época em que o Plamta funcionou melhor, foi a época em que fiz um conjunto habitacional ali no [bairro] Espedito Resende. Não deixamos nenhum servidor do estado, nenhum soldado, nenhum cabo sem uma casa para morar, demos uma casa para os servidores de menor renda morar”, disse.

Ainda segundo o candidato, 4.500 residências foram construídas enquanto esteve à frente do Iapep. “Nunca antes de mim e nem depois de mim ninguém construiu mais casas pelo Iapep”, concluiu.

Comentários