Geral

Mais de 7 mil pessoas foram beneficiadas com ações da Cendrogas

A Coordenadoria de Enfrentamento às Drogas realizou ações e políticas públicas sobre drogas por todo o estado.
Fonte: CCOM | Editor: Redação 26/12/2017 10:57
Sâmio Falcão Sâmio FalcãoFoto: TV Verdes Campos Sat

No ano de 2017, a Coordenadoria de Enfrentamento às Drogas (Cendrogas) realizou uma série de atividades que chegaram a quase 50 municípios do estado, beneficiando mais de 7 mil pessoas. Ao todo, 651 vagas foram ofertadas pelo Governo do Estado, por meio da Cendrogas, para tratamento, recuperação, reinserção social e familiar de dependentes químicos em comunidades terapêuticas e casas de acolhimento. Além disso, a Coordenadoria é parceira de entidades que atendem, mensalmente, de 30 a 170 pessoas.

A Cendrogas também atua fortemente na área de prevenção, realizando cursos e palestras por todo o estado. Neste ano, quase 3.800 pessoas, de 17 municípios, foram capacitadas com o curso de Noções Básicas de Prevenção às Drogas. O público-alvo são educadores municipais, agentes comunitários de saúde, conselheiros tutelares, psicólogos, assistentes sociais, profissionais do CAPS, Cras, Creas e outros profissionais.

As palestras chegaram a 29 cidades do Piauí e quase 2.700 pessoas, dentre dependentes químicos e seus familiares, foram atendidas e encaminhadas. "A Cendrogas também é parceira de diversos órgãos e entidades que realizam eventos voltados à prevenção, onde são realizados cursos de capacitação, palestras, seminários e blitz educativas", pontuou o coordenador da Cendrogas, Sâmio Falcão.

Segundo o gestor, a Coordenadoria de Enfrentamento às Drogas obteve resultados positivos durante todo o ano e a pretensão é ampliar as ações, fazendo que com que cheguem aos 224 municípios. "Em 2018, o nosso objetivo é firmar mais parcerias e desenvolver um trabalho árduo e amplo, tanto no tratamento dos dependentes químicos, quanto na área de prevenção, que é a etapa mais importante. Estaremos atentos aos problemas relativos ao uso de drogas em todo o Piauí", destacou Sâmio.

Comentários