Polícia

Mãe é indiciada por dupla tentativa de homicídio

A mulher está presa desde o dia 4 de fevereiro na Penitenciária Feminina de Teresina após esfaquear os dois filhos
Fonte: Polícia Civil | Editor: Alinny Maria 12/02/2019 11:21
Mãe esfaqueia dois filhos em Demerval Lobão Mãe esfaqueia dois filhos em Demerval LobãoFoto: Reprodução/Vídeo

Jacilene Maria de Macedo Pereira Bezerra, que esfaqueou os dois filhos dentro de casa em Demerval Lobão, foi indiciada por dupla tentativa de homicídio e solicitava e teve sua prisão preventiva decretada.

A Polícia Civil concluiu o inquérito e disse que a mãe apresentou o mesmo depoimento tanto no dia em que foi levada para a Central de Flagrantes, como também no 16º Distrito Policial. Segundo o delegado Antônio Carvalho, a Jaciele sustenta que o marido havia se separado dela e esse foi o motivo pelo qual ela se revoltou contra as duas crianças.

O caso ocorreu no dia 4 de fevereiro deste ano e as duas crianças, sendo uma de 1 ano e 4 meses e outra de 2 anos e 7 meses, foram atingidas com golpes de facão e levadas para o Hospital de Urgência de Teresina (HUT). As crianças foram socorridas pelo próprio pai, que chegou a tempo de salvá-las. A mãe está presa desde o dia do episódio.

O delegado Antônio Carvalho colheu depoimentos de vizinhos e familiares, que confirmaram que a mãe tratava bem os filhos, mas de vez em quando ficava nervosa e xingava as pessoas. No dia em que ela esfaqueou os filhos, alegado que ela sofreu um surto, mas o delegado afirma que somente a Justiça pode solicitar um exame de sanidade mental de Jacilene e constatar se realmente ela teve um surto. Ela permanece presa na Penitenciária Feminina de Teresina.

Estado de saúde das crianças

O menino de 2 anos e 7 meses teve alta do Hospital de Urgência de Teresina (HUT) na semana passada. Já a menina de 1 ano e 4 meses passou por uma laparotomia exploratória para tratar das lesões no fígado e intestino. Após o procedimento cirúrgico, ela foi levada para a UTI pediátrica, onde permanece internada em estado grave, porém estável. A menina respira com ajuda de aparelhos e está sendo acompanhada pelo pai.

Comentários

Apoio: