Política

Lula visita Fazenda da Paz e garante políticas para dependentes químicos

Entidade cuida da recuperação de dependentes químicos e é referência nacional
Fonte: Luiz Brandão | Editor: Luiz Brandão 03/09/2017 23:22
Lula e Wellington Dias com coordenadores e internos da Fazenda da Paz Lula e Wellington Dias com coordenadores e internos da Fazenda da PazFoto: Luiz Brandão

De Teresina - O ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva visitou no início da noite deste domingo (03) a Comunidade Terapêutica Luz e Vida, mais conhecida como Fazenda da Paz, localizada na comunidade Cacimba Velha, na Zona Rural de Teresina. Ele se disse encantando com que viu e que hoje aprendeu muitos ao conhecer o trabalhos de recuperação de dependentes químicos realizado naquela entidade.

A Fazenda da Paz é uma entidade filantrópica que cuida do tratamento, recupeção e ressocialização de viciados nos mais diversos tipos de drogas. Atualmente a entidade tem 98 internos em tratamento.

O coordenador da Fazenda da Paz, Célio Barbosa, disse que a entidade é hoje uma referência nacional porwue o percentual de recuperados chega a mais de 80% dos pacientes. A Organização Mundial de Saúde diz que nessas entidades terapêticas o percentual médio de recuperação e de cerca de 30%. Por essa diferença a Fazenda da Referência no tratamento de dependentes químicos.

O ex-presidente se disse impressionado positivamente com o que conheceu. Lula garantiu que se voltar à Presidência da República vai usar a Fazenda da Paz e outras inicitivas similares como exemplo para ampliar as ações de combate as drogas e de tratamento, recuperação, e proteção dos dependentes químicos e suas famílias.

O ex-presidente disse que vai formar um grupo de trabalho a ser coordenado pelo ex-ministro da Saúde Alexandre Padilha para tratar prevenção e recuperação de drogados. Ele quer a participação de Célio Barbosa no grupo e, caso seja eleito novamente, vai transformar esses projetos como modelos de política nacional de recuperação de dependentes químicos.

Lula lembrou que quando era presidente criou vários programas para atender as famílias pobres e que hoje o envolvimento com drogas é uma das maiores queixas de mães por onde ele tem passado na sua caravana "Lula Pelo Brasil".

O líder petista garantiu ser, a partir de hoje, um defensor nacional das ações desenvolvidas pela "Fazenda da Paz".

Lula estava acompanhado do governador Wellington Dias; da senadora Regina Sousa, da deputada federal Benedita da Silva (PT/RJ) e da vice-governadora Margarete Coelho.

Lula agradeceu o convite a recepção que chamou "calorosa" e considerou o que viu como um aprendizagem. "A gente pensa que sabe tudo de muita coisa, que já viu tudo, mas não é verdade. Hoje eu aprendir muito aqui. E agradeço por ter tido essa nova lição. Hoje aprendi muito, podem ter certeza", disse o ex-presidente.

Ao final Lula posou para fotografias com os internos, autoridades, convidados e correlugionários.

Comentários