Política

Luciano sobre Firmino: "cada um ajuda como quer"

Pré-candidato do PSDB diz que a campanha só começa em agosto
Fonte: Paulo Pincel 07/05/2018 16:49
Deputado estadual Luciano Nunes (PSDB) Deputado estadual Luciano Nunes (PSDB)Foto: Paulo Pincel

O pré-candidato a governador pelo PSDB, deputado estadual Luciano Nunes, desconversou sobre o afastamento do prefeito de Teresina, Firmino Filho, da campanha tucana ao governo. “Cada um ajuda, contribui como pode e como quer”, afirmou ao ser questionado pela jornalista Germana Chaves, no programa Bancada Piauí (Antena 10).

“Nós temos andado e andado bastante no interior do estado e aqui em Teresina. Nós temos que ter a compreensão que o quadro político e as circunstâncias às vezes impõem limitações para cada um. Cada um ajuda, contribui como pode e como quer. Cada um tem o seu momento e nós não estamos ainda no período eleitoral, a campanha só inicia em agosto e o objetivo principal desse momento é estabelecer esse diálogo com a população”, argumentou o entrevistado.

Luciano Nunes não gostou quando foi perguntado sobre a dificuldade do PSDB de se fortalecer no interior. “Essa questão de interiorização do PSDB... criou-se esse discurso porque o PSDB tem uma força muito grande na capital. Não existe no interior nenhum partido hegemônico. Nós temos 35 partidos no Brasil. O quadro partidário pulverizou demais e você vê hoje que todos os partidos têm presença no interior. Então, naturalmente, quem tem um projeto estadual, de chegar ao Governo do Estado, tem que compor com outros políticos e partidos”, esquivou-se.

Sobre suas andanças no interior, Luciano garante que a recepção tem sido excelente. “A receptividade por onde temos andado tem sido extraordinária, isso só aumenta a cada dia meu sentimento de seguir em frente. Temos muitas manifestações de prefeitos, mas de lideranças e populares, que é o que mais importa. As pessoas realmente clamam por uma mudança de postura”, avaliou.

Comentários