Política

Líder vai comparar gastos dos governos com alimentação

João de Deus vai comprar gastos nos governos Wellington Dias e Wilson Martins
Fonte: Alepi | Editor: Paulo Pincel 26/02/2018 15:40
Deputado estadual João de Deus (PT) Deputado estadual João de Deus (PT)Foto: Alepi/Caio Bruno

O líder do Governo na Assembleia Legislativa, deputado João de Deus (PT), ressaltou o requerimento de sua autoria sobre os gastos do dois últimos anos do governo Wilson Martins e dos dois últimos anos do governo Wellington Dias para confrontar esses dados. “A oposição tenta criar fatos para gerar manchetes nos jornais para usar na campanha política”. João de Deus lembrou a lei aprovada pela Assembleia que proíbe que o Estado sirva bebida alcoólica em solenidades.

O deputado afirmou que não era verdade que o Piauí tenha aumentado o índice de desemprego. Segundo João de Deus, o Piauí foi o primeiro estado do nordeste em número de empregos com carteira assinada. “O Piauí foi o quinto estado em geração de emprego no país. Isso é fato”.

Sobre a greve dos professores, João de Deus explicou que o Sinte (Sindicato dos Trabalhadores em Educação) apresentou uma pauta que é legítima e governador recebeu representantes do sindicato para negociar. É bom lembrar que o Piauí paga o piso nacional aos professores. O governador consultou a Procuradoria Geral do Estado e propôs a concessão de um reajuste de 3,40% como auxílio-alimentação, que depois se transformaria em reajuste salarial, a partir de maio, para ativos e inativos.

João de Deus negou que o Piauí não tenha avançado em Educação, como afirmou o deputado Marden Menezes (PSDB). “O alfabetismo não foi criado pelo governo Wellington Dias, é um problema histórico que vem de governos passados. A oposição tá no papel dela, mas nós vamos confrontar os números e a opinião pública vai ver que está com a verdade e quem está criando factoides para gerar pauta negativa e tentar jogar a opinião pública o governo. Quase 90 por cento está satisfeito em morar no Piauí e a maioria aprova o governo Wellington Dias”, destacou.

Comentários