Educação

Justiça suspende nota zero para quem desrespeitar direitos humanos

A decisão pela suspensão da regra é do desembargador federal Carlos Moreira Alves, do TRF (Tribunal Regional Federal) da 1ª Região.
Fonte: UOL | Editor: Redação 26/10/2017 11:33
Enem 2017 Enem 2017Foto: Enem 2017

A Justiça Federal determinou a suspensão da regra do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) que dá nota zero para a prova de redação de candidatos que seja considerada desrespeitosa aos direitos humanos. A decisão vale para a edição deste ano e foi tomada em caráter de urgência a pedido da Associação Escola Sem Partido, tendo em vista a proximidade da realização das provas, que acontecem nos dias 5 e 12 de novembro.

A Associação Escola Sem Partido sustenta que "nenhum dos candidatos deveria ser punido ou beneficiado por possuir ou expressar sua opinião". A decisão pela suspensão da regra é do desembargador federal Carlos Moreira Alves, do TRF (Tribunal Regional Federal) da 1ª Região.

A assessoria de imprensa do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) afirmou que a ainda não foi notificada da decisão e que, caso isso ocorra, irá recorrer. A reportagem entrou em contato com o advogado Miguel Nagib, um dos coordenadores da Escola Sem Partido. Ele afirmou, no entanto, que "não dá entrevista para o UOL".

Comentários

Matérias Relacionadas