Polícia

Júri absolve acusado de matar funcionário do Carvalho

O crime ocorreu em 2017 e o julgamento ocorreu nessa segunda-feira (29)
Fonte: Redação Piauí Hoje | Editor: Alinny Maria 30/04/2019 08:00
Dorival Ferreira de Almeida Dorival Ferreira de AlmeidaFoto: Divulgação/PC

O Tribunal do Júri absolveu Dorival Ferreira de Almeida, acusado matar o funcionário do supermercado Carvalho Sidivaldo Bacelar dentro do estabelecimento na zona Sudeste de Teresina. O crime ocorreu em 2017 e o julgamento aconteceu durante todo o dia de ontem (29), encerrando quase às 19h.

A família da vítima está bastante revoltada com o resultado do julgamento. Dorival foi absolvido por 4 a 1. A defesa alegou legítima defesa, pois o réu estaria sendo provocado pela vítima, recebendo ameaças de morte. Segundo o advogado, o acusado cometeu homicídio privilegiado após ter sido provocado pela vítima, gerado um desiquilíbrio emocional.

No dia 17 de julho de 2017, Sidivaldo Bacelar foi morto a tiros enquanto trabalhava no Comercial Carvalho, na Avenida Joaquim Nelson, no bairro Dirceu Arcoverde.

Para a polícia, o crime teria motivação passional, já que a ex-mulher de Dorival estava tendo um relacionamento com a vítima.

Comentários