Polícia

Juiz decreta prisão de PMs que atiraram em carro

No carro havia uma família, inclusive um bebê no colo da mãe, baleada nas costa
Fonte: TJ-PI/PM-PI | Editor: Paulo Pincel 18/11/2017 12:31
Maria do Socorro foi baleada nas costas pela PM Maria do Socorro foi baleada nas costas pela PMFoto: Reprodução

O juiz Luiz Moura Correa, da Central de Inqueritos, decretou a prisão dos policiais militares soldado André Alves Barreto e o sargento Luiz Gonzaga, que atiraram no carro onde estava uma família, inclusiuve uma criança no colo da mãe, baleada nas costa, no bairro Vila Irmã Dulce, na zona Sul de Teresina, no dia 2 de novembro passado.

No despacho o juiz também determinou ao comandante-geral da Policia Militar, coronel Carlos Augusto, a abertura de inquérito policial militar para apurar a suposta prevaricação do tenente-coronel Anderson Pinheiro por não ter dado voz de prisão aos policiais, pelo ato praticado, que se configura como flagrante delito.

O caso aconteceu na Vila Irmã Dulce, quando a viatura da Polícia Militar perseguia assaltantes na zona Sul da cidade. A policia recebeu uma informação que os assaltantes estavam na Vila irmã Dulce, e chegando lá abordaram a familia, que estava em carro, com as mesmas caracteristicas dos bandidos. Os ocupantes do carro não atenderam as ordens dos policiais para parar e teriam arracado, o que motivou os disparos por parte dos policiais, atingindo dois dos ocupantes do carro.

Os policiais militares não foram encontrados para cumprimento da prisão determinada pelo juiz.

Comentários