Polícia

Juiz decreta prisão de ex-prefeito policial após atirar em festa

Ronaldo Lages teve a prisão preventiva decretada e é considerado foragido
Fonte: Alinny Maria 20/12/2017 13:27
Ronaldo Lages Ronaldo LagesFoto: Facebook

A Justiça decretou a prisão preventiva do ex-prefeito e policial civil Ronaldo Lages, que efetuou três disparos de arma de fogo durante a comemoração de aniversário do município de Nossa Senhora dos Remédios no sábado (16). A decisão é do juiz Ulysses Gonçalves da Silva Neto, da comarca de Porto do Piauí, decretada nesta segunda-feira (18).

Ronaldo Lages é considerado foragido, pois a polícia não o localizou em seus endereços e até o momento ele não se manifestou. De acordo com a decisão, no dia dos disparos, o ex-prefeito estava em estado visível de embriaguez e teria resistido à condução pelos agentes, assim foi necessário algemá-lo. Ronaldo Lages passou a noite na Delegacia de Polícia Civil e foi liberado após pagar fiança.

Através de nota de esclarecimento, divulgada no perfil do facebook de Ronaldo, ele diz que atirou para conter uma confusão, em que dois estariam brigando. A Polícia Militar alegou que não houve nenhum tumulto ou confusão antes dos tiros efetuados pelo ex-prefeito.

A decisão determina a prisão imediata de Ronaldo e encaminhamento à Penitenciária de Parnaíba.

Comentários