Polícia

Jovem é preso suspeito de estuprar criança que pretendia adotar

O caso ocorreu em Batalha, no Norte do Piauí
Fonte: Polícia Civil 21/03/2019 10:18
Estupro de vulnerável Estupro de vulnerávelFoto: Imagem ilustrativa

Um homem identificado apenas pelas iniciais F.A.V.S., de 23 anos, foi preso na tarde dessa quarta-feira (20) suspeito de estuprar uma criança de quatro anos de idade, que seria adotada pelo suspeito, no município de Batalha, a 154 km ao Norte de Teresina.

Os pais biológicos da criança se separaram e desde então, a menina e a mãe foram morar na casa do suspeito. Na cama, dormi a criança, o suspeito e a companheira. Os planos do suspeito era adotar a menina.

Depois da separação, a mãe da criança disse que ficou desesperada sem ter para onde ir e aceitou o convite do casal para morar na casa deles. A mãe da criança não tinha nenhum parentesco ou amizade com o casal e elas moravam na zona rural do município.

“Depois da separação, a mãe ficou sem ter para onde ir, estava sem teto e foi convidada por essa família. Ela deixou que a filha dormisse na mesma casa do casal, acreditando que estava recebendo os cuidados de que ela precisava”, explica o delegado de Polícia Civil, Denis Sampaio.

Segundo o delegado, a companheira do suspeito disse que não sabia dos abusos e falou que nunca presenciou nenhum ato libidinoso. A criança foi quem relatou que sofreu abusos aos psicólogos da Prefeitura. O Conselho Tutelar de Batalha tomou conhecimento do caso e reuniu provas contra o suspeito, o denunciando para a Polícia Civil.

O homem foi preso preventivamente e ele já possui antecedentes criminais por tentativa de homicídio, lesão corporal e maus-tratos contra animais.

Comentários