Política Nacional

Joesley e Saud depõem na Procuradoria Geral da República sobre áudios

Fonte: G1 07/09/2017 10:49
Joesley Batista Joesley BatistaFoto: Reprodução

O empresário Joesley Batista – um dos donos da holding J&F –, o diretor de Relações Institucionais do grupo, Ricardo Saud, e o advogado da empresa Francisco de Assis e Silva estão na sede da Procuradoria Geral da República (PGR) prestando depoimentos e esclarecer o conteúdo do áudio que aponta omissão de informaçõesdos três delatores aos investigadores da Lava Jato.

Na última segunda-feira (4), o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, determinou a abertura de investigação para apurar indícios de omissão de informações de práticas de crimes no acordo de delação premiada dos executivos do grupo J&F, controlador do frigorífico JBS.

Segundo Janot, dependendo do resultado da investigação, os benefícios oferecidos no acordo de colaboração de Joesley, Saud e Assis poderão ser cancelados.

O áudio que pode levar à anulação dos benefícios dos delatores da J&F foi gravado em 17 de março. Na conversa de quatro horas, Joesley Batista e Ricardo Saud falam de uma suposta atuação do ex-procurador da República Marcello Miller para ajudar os executivos da holding a fechar a delação, que garantiu, entre os benefícios, imunidade penal aos delatores. Na época, Miller ainda trabalhava no Ministério Público.

Comentários