Política

João Vicente defende união da oposição contra Wellington

Ex-senador disse que candidatura majoritária dele seria o caminho
Fonte: Paulo Pincel/Cidade Verde | Editor: Alinny Maria 13/04/2018 15:53
Ex-senador João Vicente Claudino Ex-senador João Vicente ClaudinoFoto: Reprodução

Contrário à maioria do PTB, que quer permanecer na base governista e apoiar a candidatura á reeleição do governador Wellington Dias, o ex-senador João Vicente Claudino, que retornou ao partido na semana passada, afirma que a tese da candidatura própria é mais forte do que qualquer outra possibilidade, inclusive de compor com outras forças políticas, seja de governo ou de oposição. Traduzindo: o PTB precisar lançar um candidato majoritário, seja a governador ou a senador. “Teria a possibilidade de voltar à chapa majoritária com a minha candidatura. Esse seria o caminho”.

O ex-senador entende que o PTB até poderia se contrapor a esse argumento, desde que o partido tivesse em uma outra chapa o espaço majoritário. “Eu não estou vendo isso. Enquanto eu fui presidente, o PTB esteve na chapa majoritária. Agora o PTB está fora”, lamentou JVC, em entrevista à TV Cidade Verde no começo da tarde desta sexta-feira (13).

Sobre a vota ao PTB, João Vicente explicou que fazer esse retorno foi muito mais tranquilo pela composição de forças internas “que você já conhece”. “Apesar de o PTB ter diminuído, é uma sigla importante na conjuntura política do Piauí. Voltamos para colocar nosso nome à disposição para discutir ideias”,

JVC defendeu a união dos partidos de oposição e destacou a postura do senador Elmano Férrer, de deixar o MDB para se candidar ao governo em 2018. “O Elmano se insere no debate, pois ele controla seu próprio destino político, sem desmerecer o PMDB. "Eu defendo a tese da oposição unida e não é inventando moda [...] A visão que nós temos está muito longe daquilo que acho importante. A gente precisa dar saltos maiores e ter investimentos concretos. Hoje a máquina possui um custeio elevado e precisamos inverter essa ordem”, argumentou.

Comentários