Política

João Henrique: PMDB não vai compor chapa majoritária

Para o ex-ministro, não há espaço para o PMDB na chapa de Wellington
Fonte: PMDB | Editor: Paulo Pincel 30/11/2017 18:00
João Henrique de Almeida Sousa João Henrique de Almeida SousaFoto: Carta Piauí

O PMDB não vai fazer parte da chapa majoritária encabeçada pelo governador Wellington Dias. Quem aposta nessa possibilidade é o vice-presidente regional do PMDB no Piauí, João Henrique de Almeida Sousa. O fortalecimento do Progressistas junto ao governos estadual e federal é o principal motivo da falta de espaço para os outros partidos da base governista na chapa majoritária que vai disputar as eleições em 7 de outubro de 2018.

“Acho que não dará certo essa relação. Desde o primeiro instante quando eu conversei com meus companheiros do PMDB, ainda em janeiro, quando eu iniciei a caravana, eu disse que o cenário que antevejo dificilmente coloca o PMDB na chapa majoritária e muito especialmente na condição de vice”, afirmou, convicto, o ex-ministro e atual presidente nacional do Serviço Social da Indústria (Sesi).

João Henrique reconhece que o Progressistas, da vice-governadora Margarete Coelho, está fortalecido. “O PP está próximo de 50 prefeitos, nós temos 21. O PP já está no governo com um senador e a vice. O senador Ciro é o braço direito do atual governador. Sem o trânsito que o senador tem no governo federal, o governo aqui estaria numa situação muito precária. Dentro dessa condição, o quadro não é muito favorável para nós do PMDB fazermos a indicação de um cargo majoritário”

Comentários