Mundo

Irma provoca evacuação de 1 milhão de pessoas nos EUA

Trata-se da maior ação de retirada de pessoas de áreas de risco em 12 anos
Fonte: Noticias ao Minuto | Editor: Redação 08/09/2017 11:56
Furacão Irma Furacão IrmaFoto: The Washington Standard

A aproximação do furacão Irma fez com que quase um milhão de pessoas fossem ordenadas a deixar áreas costeiras dos estados norte-americanos da Flórida e da Geórgia. Trata-se da maior evacuação maciça programada nos Estados Unidos, nos últimos 12 anos. Mesmo que o Irma tenha caído para a categoria 4 nesta sexta-feira (08), no trajeto para Cuba e para a Flórida, a previsão é de que os ventos continuem fortes.

Em Cuba, os efeitos do furacão, já podem ser sentidos, com ventos de 240 km/h. A expectatitva é que o Irma chegue à Flórida a partir da noite de sexta-feira, com ondas que pode chegar a oito metros, segundo meteorologistas. O maior medo dos EUA, no entanto, é o impacto em Miami. "A cidade está em uma das piores posições possíveis", alertaram os meteorologistas à agência Ansa. Companhias aéreas, como a italiana Alitalia, anunciaram o cancelamento de voos para o Caribe e para Miami no fim de semana.

No Caribe, o Irma atingiu a potência máxima e, segundo o Centro Nacional de Furacões (NCH) dos Estados Unido, os ventos chegaram a 295 km/h, na passagem pelas ilhas caribenhas de Saint-Martin e Saint Barthélémy. Nove pessoas morreram, sete estão desaparecidas e 112 ficaram feridos.

Comentários