Esportes

INTERCAPS: Gincana encerra Janeiro Branco dos CAPS

Evento aconteceu nesta quarta (31), no Sesc Ilhotas
Fonte: Prefeitura de Teresina | Editor: Redação 31/01/2018 15:58
INTERCAPS INTERCAPSFoto: ASCOM/FMS

O mês de janeiro foi escolhido pelos profissionais de psicologia como o mês da saúde mental, dedicado a divulgar a importância dos cuidados e diminuir o preconceito em relação à psicoterapia. A mobilização deste mês foi encerrada com uma grande gincana entre os Centros de Atenção Psicossocial (CAPS). Foi o INTERCAPS, que aconteceu na manhã de hoje (31), no SESC Ilhotas.

Uniformizados e animados, os usuários dos sete CAPS do município cantaram gritos de guerra e competiram em provas como arremesso de bambolê, chute ao gol, dança da laranja, torta na cara, dança, e outros. O centro vencedor, que foi o CAPS AD recebeu um troféu, bem como o segundo e terceiro lugar, que ficaram com o CAPS III Sul e o CAPS II Sudeste, respectivamente. Todos os usuários receberam ainda medalhas para simbolizar sua participação.

O objetivo da gincana é dar maior visibilidade à campanha do Janeiro Branco, bem como informar e envolver de forma lúdica os usuários e profissionais dos serviços da Rede de Saúde Mental. “É uma oportunidade de desenvolver as habilidades cognitivas, motoras e a integração entre os usuários de todos os CAPS, bem como a interdisciplinaridade entre os profissionais envolvidos”, informa Luana Bueno, gerente de Saúde Mental da Fundação Municipal de Saúde (FMS).

O usuário Mário Martins conta que participar do Intercaps serviu como um estímulo para que ele voltasse a praticar atividades prazerosas como os esportes. Ex-dependente de álcool, ele frequenta o CAPS AD há seis meses, e disse que aprendeu a encontrar a felicidade onde ele não via antes. “Hoje, com o tratamento, eu estou ressocializando com minha família, vizinhos, trabalho e comigo mesmo. Aqui no evento eu estou fazendo amizades com pessoas que passam pelo mesmo problema, confraternizando com lazer e cultura e botando em prática nossos conhecimentos e dons”, diz.

Comentários