Mundo

Imigrantes brasileiros nos EUA ganham mais do que americanos

Itamaraty estima que o pais abrigue cerca de 1,3 milhão de brasileiros, com uma taxa de desemprego de 5% e renda domiciliar média de 55.463 dólares por ano
Fonte: Noticias ao Minuto | Editor: Redação 07/07/2017 12:38
Brasil BrasilFoto: Hintigo

Um estudo realizado por pesquisadores brasileiros com dados do governo americano e do Itamaraty revela que a comunidade brasileira nos Estados Unidos está mais integrada do que a média dos outros imigrantes no país, é mais qualificada e ganha melhor até do que os próprios americanos.

O Itamaraty estima que os Estados Unidos abriguem cerca de 1,3 milhão de imigrantes brasileiros, com uma taxa de desemprego de 5% e renda domiciliar média de 55.463 dólares por ano.

Segundo divulgado pela Folha de São Paulo, os dados compõem o livro "Brasileiros nos Estados Unidos: Meio Século Refazendo a América (1960-2010)", que será lançado nesta sexta-feira (7) em Brasília. Os pesquisadores Álvaro de Castro e Lima e Alanni Barbosa de Castro reuniram informações do censo norte-americano (American Community Survey) de 2014, os mais atuais disponíveis, na publicação.

De acordo com o levantamento, os brasileiros nos Estados Unidos têm maior nível educacional que a média de todos os imigrantes, sendo que 46% têm ensino médio completo e superior incompleto e 30% são graduados no ensino superior, contra 35% e 23% dos demais.

"É a diferença entre uma imigração de classe média baixa, como vinha sendo a brasileira, e a do resto da América Latina, que é uma imigração mais rural, com um grau de educação mais baixo", diz o autor.

A participação na força de trabalho é maior na comparação com os próprios americanos, de 71% contra 63%. Como cita a "Folha", a maioria trabalha como empregado do setor privado (69%). O índice de autônomos é de 25%, é maior que entre todos os imigrantes (12%) e americanos (9%).

Comentários