Saúde

Hospitais estaduais têm atendimento reforçado no final de ano

Atendimento de urgência e realização de cirurgias especializadas, além dos serviços do SAMU Aéreo
Fonte: Governo do Piauí | Editor: Redação 29/12/2018 09:48

Os hospitais da rede estadual estão preparados para receber a demanda de pacientes durante o período de final de ano. Para isso, foram reforçadas as escalas de plantão tanto nos hospitais de urgência, como no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e Central Estadual de Regulação, garantindo assim, uma assistência adequada e resolutiva nos mais de 30 hospitais, a partir desta sexta-feira (28) até o dia 2 de janeiro de 2019.

A Secretaria de Estado da Saúde definiu como prioridade o atendimento de urgência e emergência; a realização de cirurgias especializadas; a regulação de pacientes, somente nos casos mais complexos, e ainda os serviços do SAMU Aéreo.

De acordo com o diretor da Unidade de Descentralização e Organização Hospitalar (Dudoh), Neris Junior, os hospitais mantêm o pleno funcionamento dos serviços, em toda rede, com escala médica definida e todo aparato necessário para um atendimento resolutivo ao paciente, desde o atendimento clínico ao de neurocirurgia. “Havendo necessidade de transferência, por exemplo, para Teresina, por via área, o SAMU Aéreo estará com os serviços operando normalmente”, explica.

Neris comenta ainda que, por conta da demanda e maior fluxo de pessoas, nove hospitais terão atendimento reforçado: o de Parnaíba, Piripiri, Esperantina, Campo Maior, Oeiras, Picos, Floriano e Bom Jesus, especialmente na área de traumas. Somente aqueles casos mais graves, como fraturas expostas, serão encaminhados para a capital.

Os pacientes que necessitam de atendimento em neurocirurgia serão encaminhados para os Hospitais de Parnaíba e Floriano, unidades referência nesta especialidade, onde também são realizadas cirurgias mais complexas, contando ainda com leitos de UTI específicos para estes casos. Além dessas unidades, possuem UTI os hospitais de Oeiras, Piripiri e de Picos.

“É importante também que a população adote comportamentos saudáveis neste período. Se beber, não dirigir. Evitar alimentar-se de comidas gordurosas, com alto teor de sal. Ingerir muita água. São cuidados que vão garantir um final de ano mais alegre, sem idas a hospitais. Havendo necessidade, nossas equipes estarão disponíveis para receber 24 horas”, assegura o diretor da Dudoh.

Comentários