Polícia

Homem tenta matar a companheira a marteladas

A tentativa de homicídio aconteceu na madrugada de hoje na zona Leste de Teresina
Fonte: Polícia Civil/DM | Editor: Da Redação 15/09/2017 17:34
Agressão AgressãoFoto: Picssr

Uma jovem de 23 anos, que vem sendo agredida há três anos pelo companheiro, de 37anos, usuário de drogas. Hoje, com medo de morrer, decidiu finalmente denuncia-lo na Delegacia Especializada da Mulher, no Centro de Teresina. A mulher - ainda com as marcas das agressões e a arma do crime: um martelo - foi vítima de tentativa de homicídio na madrugada desta sexta-feira (15), na casa onde mora, na zona Leste de Teresina.

Segundo o depoimento da vítima – que teve o nome preservado – a tentativa de homicídio aconteceu de madrugada, quando ela dormia ao lado da filha. O agressor chegou e deitou do seu lado. A mulher conta que levantou e fiquei sentada na cama, “com aquela angustia dizendo pra eu não dormir”.

Sem dizer nada, o agressor uma cotovelada no rosto da vítima e começou a ameaça-la: ‘vou te matar, vagabunda!’. Com um martelo, passou a desferir golpes contra a cabeça da companheira, que gritou por socorro. Ela empurrou o agressor que caiu e saiu correndo, pensando ter matado a companheira. Momentos depois o sujeito voltou e tentou esganar a vítima, quando a irmã dela apareceu e ele fugiu.

Não foi a primeira tentativa de homicídio, revela a vítima, que já levou uma facada no pescoço, registrou Boletim de Ocorrência, mas desistiu da denúncia por medo do companheiro. A jovem reclama que não pode estudar e nem ter contato com a família. Ela arrumou um trabalho e quer mudar de vida.

Comentários