Polícia

Homem morre "entalado" ao tentar estuprar deficiente

Antonio Almeida tentou sair do quarto da jovem por um buraco e morreu asfixiado
Fonte: PM-PI | Editor: Paulo Pincel 04/11/2017 13:14
O homem morreu "entalado" na parede O homem morreu "entalado" na paredeFoto: Divulgação/PM

Antônio de Sousa Almeida, 33 anos, morreu “entalado” em um buraco na parede de uma casa na Serra dos Matões, zona rural do município de Pedro II, quando tentava entrar para estuprar uma jovem com problemas mentais, mantida em um cômodo fechado. Não foi a primeira vez que Antonio tentou estuprar a mulher.

A janela onde o acusado ficou preso foi improvisada pela família para a passagem de alimentação, água e outros itens para uma jovem, que é mantida no quarto isolado das pessoas.

O comandante David, da Polícia Militar de Pedro II, revelou que Antonio entrou no quarto onde fica uma doente mental, provavelmente para tentar estuprá-la. No momento em que ele tentou sai pelo buraco, por onde a família fornece alimentação para ela, ele ficou preso e morreu por falta de oxigênio”.

A perícia da Polícia Civil foi acionada juntamente com o Instituto de Medicina Legal (IML) para a retirada do corpo e o translado para Teresina, para exames mais precisos. “Ele já havia tentado violentar a mesma jovem outras vezes e respondia por tentativa de estupro”, acrescentou o militar.

Comentários