Polícia

Homem linchado está internado em estado grave no HUT

Polícia prendeu um e tenta identificar os outros agressores
Fonte: Paulo Pincel | Editor: Luiz Brandão 12/08/2018 18:00
O rapaz agredido O rapaz agredidoFoto: WhatsApp

Gabriel Wikson de Oliveira, 24 anos, linchado em um posto de combustíveis na Avenida Frei Serafim, no Centro de Teresina, permanece internado em estado grave no Hospital de Urgência de Teresina. As polícias Militar e Civil e a Guarda Municipal tentam identificar os agressores, que vão responder por tentativa de homicídio. Os vídeos postados nas redes sociais estão sendo utilizados para identificar os agressores.

O comandante da Guarda Civil Municipal (GCM), capitão-PM Monteiro Silva, confirmou a prisão de um dos agressores do rapaz, [o que aparece vestido em uma camisa camuflada militar nos vídeos postados no WhatsApp], na região do Grande Dirceu ainda na madrugada de domingo (12). Os demais agressores estão sendo identificados. Gabriel Wikson teria ferido a namorada com uma faca, no Parque da Cidadania. Foi perseguido por mais de 20 pessoas e agredido a pedradas, pauladas e tijolada.

"Um rapaz teria discutido com a namorada e, supostamente, a feriu com uma faca. Um grupo de pessoas viu a cena e o perseguiu. Ele correu para um posto de combustíveis, do outro lado da rua, para tentar escapar, mas foi alcançado, esfaqueado e agredido a pedradas. Foram cenas de crueldade. Acredito que se os guardas municipais não estivessem lá, teriam matado ele", lembrou Monteiro.

O paciente permanece sedado e entubado, segundo a direção do Hospital de Urgência de Teresina (HUT). Ele foi submetido a cirurgia e o estado é grave.

Leia mais sobre o assunto:

http://piauihoje.com/noticias/suspeito-de-agredir-a-namorada-e-linchado-em-teresina/

Comentários