Saúde

HGV recebe 23 novos médicos residentes

Este ano, o hospital está ofertando mais três programas, somando um total de 10 residências médicas.
Fonte: Governo do Piauí | Editor: Redação 05/03/2018 14:29
HGV HGVFoto: Ascom

O Hospital Getúlio Vargas (HGV) recebeu, nesta segunda-feira (5), mais uma turma do Programa de Residência Médica e Multiprofissional da Universidade Estadual do Piauí (Uespi). São 23 novos residentes médicos e 15 residentes na área multiprofissional. Este ano, o hospital está ofertando mais três programas, somando um total de 10 residências médicas.

A coordenadora da Comissão de Residências Médicas do HGV, Jozelda Duarte, explica que receber os novos residentes é uma das formas que estimula o crescimento e o desenvolvimento da instituição, qualificando os profissionais e garantindo os melhores serviços no cuidado integral nos diferentes níveis de complexidade. “A residência, tanto médica como multiprofissional, diferenciam a instituição no sentido de aprimorar a qualidade no atendimento aos pacientes, bem como, estimula a pesquisa e o ensino, melhorando os processos, protocolos e rotinas no atendimento”, declara Jozelda.

O HGV já possui residência médica nas áreas Médica, Cirurgia Geral, Otorrionolaringologia, Vascular, Aparelho Digestivo, Coloproctologia e Terapia Intensiva. Este ano, foram abertas vagas nas áreas de ortopedia (2 vagas), urologia (2) e nefrologia (2), somando um total de 10 programas de residências.

O Programa de Residência Médica do HGV funciona em parceria com Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) e a Universidade Estadual de Saúde, onde a secretaria é responsável pelo pagamento dos preceptores e a Uespi pelo pagamento das bolsas dos alunos.

A solenidade contou com a presença do reitor da Uespi, Nouga Cardoso Batista; o coordenador do curso de Medicina da Uespi, Ednaldo Miranda; a diretora-geral do HGV, Fátima Garcêz; o diretor do Centro de Ciências da Saúde da Uespi, Jesus Antonio de Carvalho Abreu; além das coordenadoras Jozelda Duarte, da Comissão de Residência Médica do Coreme/HGV, e Sônia Campelo, da Comissão de Residência Multiprofissional.

O presidente da Fundação Piauiense de Serviços Hospitalares (FEPISERH), Pablo Santos, que faz a gestão do HGV, observa com entusiasmo a chegada dos novos residentes. "O programa de residência só traz benefícios para o hospital, que tem melhoria no atendimento com a chegada desse contingente de colaboradores, e favorece os novos médicos, que podem vivenciar uma rotina de atendimento no maior hospital público do estado", fala Santos.

Comentários