Política Nacional

Haddad e W.Dias reúnem milhares de pessoas em Picos

O candidato enfatizou ainda que seu adversário quer entregar riquezas do país para outras nações
Fonte: Da Redação | Editor: Redação 21/10/2018 07:05
Haddad e W.Dias em Picos Haddad e W.Dias em PicosFoto: Divulgação

Picos, uma das cidades que mais deu votos a Fernando Haddad no primeiro turno no Piauí, também foi a que fez a recepção mais calorosa ao candidato à presidência em sua campanha de segundo turno neste sábado (20). Desde a chegada no aeroporto do município até o ato público na praça Félix Pacheco, no centro da cidade, milhares de pessoas o acompanharam manifestando apoio à sua eleição, além de prefeitos e lideranças políticas e de movimentos sociais.

Fernando Haddad agradeceu o carinho dos piauienses e destacou que suas propostas são claras e visam o bem da população brasileira. Segundo ele, a defesa do país, seu desenvolvimento e a melhoria de vida dos mais necessitados são suas principais bandeiras. “O projeto que nós queremos para o Brasil é de um país livre e desenvolvido. Não queremos violência, não queremos guerra. Não vamos entregar nossas riquezas e não vamos repassar nossa base de Alcântara para os Estados Unidos. Não vamos entregar a Amazônia, nem o pré-sal para ninguém, pois essas são riquezas do povo”, declarou.

O candidato enfatizou ainda que seu adversário quer entregar riquezas do país para outras nações. “Eles querem vender o país. Ele não tem compromisso com nossa nação. É por isso que bate continência para a bandeira dos Estados Unidos”, disse.

Já o governador Wellington Dias também agradeceu à população, aos prefeitos, deputados estaduais e federais que o apoiaram e o ajudaram na reeleição. “Sou grato pelo apoio de nossa bancada e de todo o time que se empenhou nessa eleição, garantindo minha reeleição e, também, mais de 63% de votos para Fernando Haddad, que foi a maior proporção de votos do país”, declarou.

Wellington relembrou ainda que o povo de Picos também recebeu Lula na cidade, lá no início dos anos 2000. “Lula, quando presidente, teve Fernando Haddad como seu ministro da Educação e essa foi a época em que a educação do Brasil mais se desenvolveu. Hoje, queremos firmar esse compromisso com Haddad para que esse desenvolvimento volte novamente. O Piauí quer um presidente que tenha sensibilidade para trabalhar pelo nosso crescimento e esse presidente é Fernando Haddad”, frisou.

Além de Picos (PI), o candidato à presidência da República Fernando Haddad esteve, neste sábado (20), em Fortaleza, Juazeiro e Crato, no Ceará. Sua agenda pelo Nordeste continua neste domingo (21) com uma carreata em São Luís, no Maranhão.

Comentários

Matérias Relacionadas