Mundo

Grã-Bretanha se irrita com destróier russo atravessando canal da Mancha

Fonte: Sputnik | Editor: Redação 15/11/2017 14:16
Navio Vitse-Admiral Kulakov da Frota do Norte da Rússia passa pelo canal da Mancha Navio Vitse-Admiral Kulakov da Frota do Norte da Rússia passa pelo canal da ManchaFoto: Reprodução

Grã-Bretanha novamente se irritou porque mais um navio militar atravessou o canal da Mancha, informa o Daily Express. Desta vez foi o destróier Vitse-Admiral Kulakov, que enfrentou condições climáticas adversas atravessando o estreito.

Segundo o Daily Express, o navio russo partiu da base de Severomorsk no fim de junho a uma viagem de longo curso. Durante a viagem, o navio visitou os portos do Chipre, Omã, Egito e Portugal.

"Nesta noite, o navio russo atravessou uma parte mais estreita do canal da Mancha — o estreito de Dover (também conhecido como o passo de Calais). A viagem do destróier Vitse-Admiral Kulakov em águas do Atlântico, foi acompanhada por condições meteorológicas desfavoráveis, com ventos fortes e mar agitado", informou o Ministério da Defesa da Rússia citado pelo RT.

Neste momento, o navio russo se dirige para o mar do Norte. Desde o fim de agosto até meados de outubro, o Vitse-Admiral Kulakov cumpria missões no mar Vermelho e no golfo de Áden. O objetivo principal era "garantir a presença marítima militar russa na região e a segurança da navegação civil". Na segunda metade de outubro, os marinheiros russos cumpriram os objetivos no mar Mediterrâneo.

De acordo com o Daily Express, a Rússia já tentou várias vezes provocar a Frota da Grã-Bretanha "enviando intencionalmente seus navios militares e submarinos através do canal da Mancha". Em maio, o submarino russo Krasnodar atravessou o canal, escoltado pela fragata HMS Somerset, antes disso, duas fragatas HMS Sutherland escoltaram dois navios de guerra russos.

Comentários