Geral

Governo diz que vai ressarcir servidor da saúde com salário cortado

Secretaria de Saúde solicitou à Secretaria de Administração que o ressarcimento fosse feito em folha suplementar
Fonte: Da Redação 04/07/2017 10:06
Secretário da Saúde Secretário da SaúdeFoto: Sesapi - Governo do Estado do Piauí

O Governo do Piauí emitiu nota em que garantiu que irá ressarcir os descontos efetuados nos contracheques de médicos e demais profissionais da saúde. Os médicos realizam paralisação a partir desta terça-feira (04) em protesto contra os cortes indevidos na folha de pagamento.

Na nota, o governo "reconhece" a "falta de gerenciamento da administração superior dos hospitais" sobre a exigência do ponto eletrônico e alerta para que os servidores fiquem atentos, a girmando que a partir de julho, os profissionais devam registrar o ponto normalmente.

Veja a nota do Governo do Piauí na íntegra

O Governo do Estado informa que por conta do reconhecimento por parte da Secretaria de Saúde de que houve falta de gerenciamento da administração superior dos hospitais no tocante à exigência do ponto eletrônico, os descontos efetuados nos contracheques do médicos e demais profissionais da saúde serão ressarcidos em folha suplementar, no próximo dia 14, após a conclusão da tabela de pagamento do mês de junho.

No entanto, o Governo esclarece também que a partir deste mês de julho os profissionais deverão registrar normalmente o ponto, diariamente, de acordo com o Decreto de Lei Nº 16.688.27-07-2016, não havendo possibilidade de exceções para qualquer servidor estadual.
Paralelamente, as ocorrências relacionadas a faltas, férias, licenças e afastamentos deverão ser encaminhadas à Diretoria de Gestão de Pessoas de cada unidade que o servidor esteja lotado, com os documentos comprobatórios, para evitar descontos injustificados.

Comentários

Matérias Relacionadas