Geral

Governador visita obras de duplicação das BRs 316 e 343 nesta sexta-feira (11)

As obras, que desafogarão o trânsito na zona urbana da capital, estão orçadas em R$ 99 milhões.
Fonte: Governo do Estado | Editor: Redação 11/08/2017 14:39
Governador Wellington Dias investe na mobilidade urbana da capital Governador Wellington Dias investe na mobilidade urbana da capitalFoto: João Allbert

O governador Wellington Dias visita, nesta sexta-feira (11), às 17h, as obras de duplicação das BRs 316 e 343, que irão desafogar o trânsito na zona urbana de Teresina. As obras são executadas pelo Departamento de Estradas e Rodagens (DER) e estão orçadas em aproximadamente R$ 99 milhões.

As obras da BR 316 representam um investimento de mais de R$ 63 milhões, oriundos do Pró-Investe. Cerca de 60% dos trabalhos já foram concluídos e a previsão de entrega é para o segundo semestre de 2018. A estrada contará com quatro viadutos e a duplicação começa próximo à Casa de Custódia, seguindo até a entrada do conjunto habitacional Eduardo Costa, na zona sul de Teresina, compreendendo 8,4 km.

De acordo com o projeto, a duplicação da rodovia principal contará com duas faixas de 7,2m, acostamento de 3m e faixa de segurança de 1m cada. Já, as pistas marginais terão duas vias, ciclovia de 3m e calçadas de 2m. Além das pistas, serão feitos acessos, duas passagens de desnível, um viaduto e duas passarelas para pedestres.

Já, a BR 343, cujas obras foram reiniciadas no mês de julho, contará com investimentos no valor R$ 36.970.435,82, oriundos do Pró-Desenvolvimento II. A primeira etapa consiste no serviço de terraplanagem. A obra, que está com 15% dos serviços concluídos, corresponde ao contorno rodoviário de Teresina, no trajeto Av. João XXIII a Altos, com extensão de 9,67 KM. A inauguração está prevista para março de 2018.

Para o diretor-geral do DER-PI, Castro Neto, a duplicação de ambas as vias será um marco na mobilidade urbana da capital. “Teresina conta com poucos viadutos e nossas rodovias de entrada e saída não são duplicadas, o que ocasiona congestionamentos, acidentes e mortes. Agora, temos um grande investimento em mobilidade e essas obras facilitarão a vida do condutor, pedestre e ciclista, além de desafogar o trânsito”, destacou o gestor.

Comentários