Educação

Governador lança aplicativo iSeduc Professor na abertura do ano letivo

Ferramenta é uma nova alternativa para os docentes da rede, que possibilitará o lançamento de notas e registro de aulas.
Fonte: CCOM | Editor: Redação 18/02/2019 12:44
Seduc SeducFoto: Ascom/Seduc

Estudantes da rede pública estadual do Piauí retornam às aulas nesta segunda-feira (18). O governador Wellington Dias; a deputada federal Rejane Dias; e o secretário da Educação Hélder Jacobina participaram da cerimônia de abertura do período letivo de 2019, que ocorreu no Centro Estadual de Tempo Integral (Ceti) Professor Raldir Cavalcante Bastos, em Teresina.

Durante a cerimônia, foi lançado o aplicativo iSeduc Professor, uma nova alternativa para os docentes da rede, que possibilitará o lançamento de notas e registro de aulas.

"Encerramos o ano de 2018, felizes pelo resultado no Enem, com 50 alunos da escola ingressando na universidade e 96% dos alunos aprovados nas avaliações internas. Estamos muito felizes com a presença de nossas autoridades. Temos aqui no Raldir 420 alunos e uma fila de espera com 150 alunos aguardando surgir uma vaga. A educação do nosso estado está cada vez mais forte e a cada ano que passa um número maior de alunos têm acesso às universidades e isso é uma grande satisfação para nós", comemora Carlos Eduardo, diretor do Ceti Raldir Cavalcante.

Os alunos também receberam kits pedagógicos e esportivos. Com um investimento de R$ 1.765.099,70, a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) vai garantir a todos os alunos de Ensino Médio nas escolas de Tempo Integral da rede estadual, kits pedagógicos contendo três cadernos universitários, um caderno de desenho, duas borrachas escolares, 2 apontadores simples, 3 lápis grafites e 4 canetas esferográficas.

"Gostaria de deixar meus parabéns aos nossos alunos e professores pelo início do ano letivo e desejar que seja um ano de muito sucesso e de muita aprendizagem para todos que compõem a rede estadual de educação", celebra Rejane Dias.

Para o aluno Luís Carlos, estudar no Ceti é motivo de orgulho. "Estudo há 10 anos aqui, é praticamente uma vida. O Raldir se tornou minha segunda casa, faço parte de um time de vitoriosos. Em breve creio que, não somente eu, mas todos os que continuarão aqui, também serão vitoriosos", garante o estudante.

iSeduc Professor

Desde o lançamento do Sistema Acadêmico Seduc, todas as escolas da rede pública estadual passaram a informatizar notas, diários e observações sobre os alunos. Com o lançamento do aplicativo para celulares Android, chamado de iSeduc Professor, a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) cria um novo canal de interatividade entre professor e secretaria.

Com o aplicativo, o professor pode registrar diariamente suas aulas e, após as avaliações, lançar as notas. O aplicativo funciona off-line, de forma que não se percam as informações lançadas por falta de internet.

O aplicativo, disponível para Android a partir da versão 5.0, conta com atualizações semanais. Até a sexta-feira (15), 2.170 instalações foram feitas e a secretaria espera alcançar todos os professores do estado. Logo após o primeiro acesso, todas as informações de lotação e turmas são baixadas para o celular do professor, permitindo que as informações sejam lançadas off-line e sincronizadas posteriormente, se for o caso. Então, assim que o aplicativo identifica uma conexão ativa, é feita a sincronização com o portal.

"Estamos nos aperfeiçoando a cada dia. Pensando na vida do professor e na economia para o nosso estado nós criamos esse projeto e vamos começar a implantar gradativamente em todas as escolas com a finalidade de melhorar a vida do professor para que ele não perca mais tanto tempo preenchendo papéis", afirma o secretário da educação, Hélder Jacobina.

O governador agradeceu a todos que fazem a educação e comemorou mais um avanço tecnológico para a educação. "Vamos seguir adiante, buscando cada vez mais melhorar, não só na quantidade mas na qualidade da nossa educação. Parabéns aos técnicos de TI da Seduc e toda a equipe gestora. O objetivo é ter cada vez mais tecnologia melhorando as condições de gestão e de ensino no estado do Piauí", afirma Wellington.

Comentários