Geral

Governador discute reformulação do Plano Estadual de Recursos Hídricos

Projeto irá nortear políticas públicas voltadas para os principais rios e bacias hidrográficas piauienses
Fonte: Ccom 27/01/2018 09:51
Governador do Piauí, Wellington Dias Governador do Piauí, Wellington DiasFoto: Paulo Pincel

O governador Wellington Dias se reuniu, nessa sexta-feira (26), com o coordenador de Recursos Hídricos do Estado, Paulo Roberto, para discutir a reformulação do Plano Estadual de Recursos Hídricos, que irá nortear os investimentos e políticas públicas do Estado voltadas para os principais rios e bacias hidrográficas piauienses.

De acordo com o coordenador, o termo referencial do plano já foi produzido, estando atualmente no estágio de análise de prerrogativas para realização da licitação. “Nós fizemos o termo de referência do plano, que é o que vai nos dar uma direção para analisar todos os passos para realização da licitação. O nosso planejamento é de que uma parte fique pronta agora em fevereiro e a outra parte, provavelmente, para o mês de maio”, explica o coordenador.

Para o governador Wellington Dias, o planejamento para cada uma das bacias hidrográficas do estado é fundamental para otimizar a produção agrícola, bem como o abastecimento de água de comunidades ribeirinhas. “Esse plano é vital para que nós possamos tratar da recuperação das matas ciliares de rios como o Piauí, o Canindé, bem como das suas nascentes. A ideia é poder ter várias barragens sequenciadas, que vão permitir as condições de produção animal, vegetal, de piscicultura, além de trabalhar o abastecimento de comunidades ribeirinhas e cuidar da recarga dos lençóis freáticos”, destaca Dias.

O objetivo é buscar apoio junto a instituições como o Banco Mundial e do Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (Fida), termos fontes de não reembolsáveis, tais quais o Fundo das Contenções de Mudanças Climáticas e demais compensações ambientais. “É necessário ter um olhar especial para o semiárido. Além dos barramentos, apoiar as comunidades ribeirinhas, para que elas possam aprender a conviver com as normas ambientais nas proximidades dessas bacias”, pontua o governador.

Investimentos em passagens molhadas

Durante o encontro, o coordenador de Recursos Hídricos discutiu apresentou a necessidade da construção passagens molhadas em alguns municípios, com a chegada do período chuvoso.

Foram apresentadas ao governador os projetos para os municípios de Monsenhor Gil, onde a obra deverá receber investimentos da ordem de R$ 300 mil, bem como do trecho que interliga as cidades de São Julião e Fronteiras.

Comentários