Política

Gil Carlos desiste da reeleição e APPM terá chapa única

Jonas Moura, prefeito de Água Branca, será o novo presidente
Fonte: APPM | Editor: Paulo Pincel 13/12/2018 07:00
A chapa APPM de Resultados será eleita por aclamação A chapa APPM de Resultados será eleita por aclamaçãoFoto: APPM

Depois de muitas discussões em torno da eleição para o biênio da entidade municipalista piauiense, o consenso prevaleceu e a chapa “APPM de Resultados” será eleita por aclamação, elegendo prefeito Jonas Moura de Araújo, de Água Branca, presidente, e e Tairo Mesquita, prefeito de Santo Inácio do Piauí, vice-presidente.,

Participaram dos entendimentos o atual presidente da instituição e prefeito de São João do Piauí, Gil Carlos; Hélio Rodrigues, de Hugo Napoleão; João Messias, prefeito de Batalha, e Jonas Moura, prefeito de Água Branca e vice-presidente da APPM.

O prefeito de Francinópolis, Paulo César, que é presidente da comissão eleitoral, recebeu a documentação necessária para a formalização da chapa.

O presidente da APPM, Gil Carlos, que desde as primeiras reuniões defendeu o nome de Jonas Moura para ser o seu sucessor, esclarece que a APPM precisa estar sempre unida, representativa e atuante nas causas dos municípios. “O Jonas é um gestor arrojado, que faz uma gestão exemplar em Água Branca, e com certeza trará o seu conhecimento como gestor público para somar à APPM. É imprescindível à instituição municipalista piauiense ter um presidente agregador, que trabalhe firme pelos municípios e seus gestores. Parabenizamos todos os colegas que participaram e se envolveram neste processo democrático, desejando que a nova diretoria faça uma boa administração junto a nossa Associação”, pontua.

Para Jonas Moura, o entendimento sempre foi o objetivo desejado, e a participação do prefeito de Santo Inácio do Piauí, Tairo Mesquita, agrega não só a chapa, mas a instituição e o fortalecimento das lutas municipalistas. “Sempre lutamos pela unidade, e hoje a classe municipalista piauiense sai fortalecida. Juntos vamos mostrar a nossa determinação, sempre com o objetivo comum de fortalecer a nossa Associação e trabalhar por todos os colegas prefeitos e prefeitas. Agradecemos o prefeito Gil Carlos, que abriu mão da sua reeleição, o prefeito Hélio, de Hugo Napoleão e o prefeito João Messias, que está conosco e tem feito um trabalho integrador aqui na nossa entidade”, destaca.

Segundo Tairo Mesquita, a composição única favorece a classe e une a APPM. “Tivemos um entendimento para o bem de todos os municípios; me afastei da candidatura à presidência e resolvemos fazer uma composição única, para que nossa Associação esteja cada dia mais fortalecida e unida”, conclui o gestor.

A aclamação da próxima diretoria ocorre no dia 18 de dezembro, a partir das 9 horas da manhã.

Comentários

Apoio: