Polícia

Garota de 8 anos é estuprada e com medo diz que foi mordida por cães

O caso ocorreu em Palmeira do Piauí
Fonte: Polícia Civil | Editor: Alinny Maria 21/03/2018 10:30
Delegado Aldely Fontineli Delegado Aldely FontineliFoto: Arquivo pessoal

Um homem identificado como William Pinheiro Luz, 39 anos, foi preso na madrugada de ontem (20) suspeito de estuprar uma criança de oito anos na cidade de Palmeira do Piauí, a 600km de Teresina. Segundo o delegado Aldely Fontineli, a menina foi levada para o matagal onde foi estuprada e ameaçada de morte para não contar o que aconteceu.

Segundo o delegado, o estupro ocorreu na noite de segunda-feira (19) quando o suspeito disse à menina que conhecia seus pais e a ofereceu uma carona para casa, mas acabou a levando para o matagal. Durante o estupro, o suspeito apertava o pescoço da garota e a mordia, ameaçando mata-la caso ela contasse.

William Luz William Luz

“Após o ato ela foi para casa e disse para os pais que estava machucada porque foi mordida por cachorros na rua. Ela realmente não ia contar nada, mas como estava sentindo muitas dores, sentiu a necessidade de falar a verdade”, disse o delegado.

Ainda conforme o delegado, o depoimento da criança foi comovente e até a escrivã chorou. A menina contou todos os detalhes e logo William foi preso em Bom Jesus. Em depoimento, o agressor disse apenas que havia consumido bebida alcoólica, e permaneceu calado.

Os exames de corpo de delito comprovaram o estupro. A história contada pela criança também foi confirmada por três testemunhas. O Serviço de Atendimento de Mulheres Vítimas de Violência Sexual (Samvis) de Bom Jesus está prestando assistência à garota.

“A prisão preventiva dele já foi solicitada. Ele não negou o crime, disse apenas que estava embriagado e não se lembra de nada”, finalizou o delegado.

Comentários