Mundo

Furacão Irma é elevado a categoria cinco

É provável que os efeitos da passagem da tempestade sejam sentidos na Flórida ao fim deste semana e durante o final de semana
Fonte: Folhapress | Editor: Redação 05/09/2017 12:32
Furacão Irma Furacão IrmaFoto: The Washington Standard

O furacão Irma foi elevado à categoria 5, a máxima na escala, e se aproxima do Caribe, informou nesta terça-feira (5) o NHC (Centro Nacional de Furacões) dos Estados Unidos. Segundo o NHC, é provável que os efeitos da passagem da tempestade sejam sentidos na Flórida ao fim deste semana e durante o final de semana, apesar de afirmar ser muito cedo para saber com precisão a rota da tempestade.

As ilhas antilhanas de Antígua, Barbuda, Anguilla, Montserrat, São Cristóvão e Nevis, entre outras, foram colocadas sob advertência de furacão pelo NHC. Porto Rico, as Ilhas Virgens e Guadalupe foram colocados sob vigilância. Espera-se que Irma passe sobre este grupo de ilhas entre a noite de terça-feira e a manhã de quarta-feira, quando alcançará também Porto Rico.

Segundo a trajetória projetada pelo centro americano, o olho de Irma pode passar na quinta e na sexta-feira ao norte da República Dominicana, Haiti e Cuba, e depois seguir diretamente sobre as Bahamas e o sul da Flórida no fim de semana.Autoridades alertaram que a tempestade pode causar chuvas que acumulariam 25 centímetros de água, além de deslizamentos de terras e enchentes. As ondas podem chegar a 7 metros.

"As decisões que nós tomarmos nas próximas horas podem fazer a diferença entre vida e morte", afirmou o governador de Porto Rico, Ricardo Rossello. "Trata-se de uma tempestade extremamente perigosa".

Aos residentes da costa leste dos Estados Unidos, recomendou-se monitorar de perto a passagem da tempestade, uma vez que ela pode mover-se para o norte na direção dos Estados da Flórida, Geórgia, Carolina do Norte e Carolina do Sul.

"O furacão tem o potencial de sobrecarregar a FEMA [Agência Federal de Gestão de Emergências] e outros órgãos do governo, uma vez que ocorre logo após a passagem da tempestade Harvey", afirmou Evan Myers, chefe de operações do site de previsões meteorológicas "AccuWeather".

A tempestade Harvey deixou ao menos 47 mortos desde que chegou à costa leste, no dia 25 de agosto. Texas e Lousiana foram os Estados mais afetados.

Moradores da Flórida aproveitaram o feriado do Dia do Trabalho na segunda-feira (4) para comprar água e outros suprimentos, deixando prateleiras vazias em algumas lojas. O governador da Flórida, Rick Scott, declarou estado de emergência em 67 condados do Estado para dar aos governos locais "bastante tempo, recursos e flexibilidade" para se prepararem para o furacão.

Comentários