Brasil

Fronteiras: Exército apreende 6 armas e 15kg de maconha em 10 meses

Desempenho pífio nas fronteiras é justificado pela queda gradual no repasse de verbas à corporação
Fonte: Noticias ao Minuto | Editor: Redação 27/11/2017 09:48
Exercito Brasileiro. Exercito Brasileiro.Foto: Google

A atuação do Exército nas fronteiras do país vem sofrendo um forte abalo desde o início do ano. De janeiro a outubro, a corporação apreendeu apenas seis armas, contra 168 em igual período de 2016, e 15,5kg de maconha, contra 11 toneladas. Os dados foram obtidos pelo jornal O Dia e confirmados pelo Exército, que justifica o desempenho pífio pela redução gradativa do orçamento.

Em 2012, a corporação recebeu R$ 17,5 bilhões do governo federal - em 2017 foram 9,7 bilhões. Em 2015, a verba destinada às chamadas Operações na Faixa da Fronteira, principais responsáveis pelo combate à entrada de drogas e armas que, em grande parte dos casos, seguem para o Rio de Janeiro, o invesimento caiu de R$ 7,3 milhões em 2015 para 5,3 milhões em 2017.

Com a queda, a corporação explica que a verba precisa ser utilizada no "próprio custeio da vida vegetativa das organizações militares" nas regiões de fronteira. "A diminuição dos recursos disponíveis, portanto, poderá reduzir o volume e intensidade de operações na faixa de fronteira."

O repasse previsto para 2018 ainda não foi divulgado, mas o Exército espera mais queda. "A diminuição dos recursos disponíveis, portanto, poderá reduzir o volume e intensidade de operações na faixa de fronteira", diz nota enviada à publicação pelo Comando de Comunicação Social do Exército.

Comentários

Matérias Relacionadas