Política

Franzé anuncia a criação do curso de Turismo Rural na UFPI

Deputado federal Fábio Abreu (PR) disponibilizou emenda de R$ 300 mil para implantação do curso
Fonte: Alepi | Editor: Paulo Pincel 14/03/2019 15:37
Deputado estadual Franzé Silva (PT) Deputado estadual Franzé Silva (PT)Foto: PAULO PINCEL/PH

O deputado Franzé Silva (PT) visitou na manhã desta quinta-feira (14), o reitor da Universidade Federal do Piauí (Ufpi), José Arimatéia Dantas Lopes, para tratar da criação do curso superior ligado à educação rural na cidade de Pedro II.

Franzé elogiou a iniciativa do deputado federal Fábio Abreu (PR), ao disponibilizar emenda parlamentar destinando R$ 300 mil para a implantação do curso de Turismo Rural, na modalidade ensino à distância, em Pedro II, para atender aos alunos daquela fundação, que hoje já têm ensino fundamental e médio, ligados à educação no campo.

"O curso vai abrir horizontes para aquela cidade, que além de ter uma vocação turística, tem também uma vocação da agricultura familiar. Queremos anunciar, em plenário, essa grande conquista para a juventude de Pedro II, para que possamos, a partir do segundo semestre de 2019, já ter ali, a Universidade Federal do Piauí, ministrando um curso de turismo rural, em articulação com a Fundação Santa Ângela”, reforçou.

A audiência com o reitor Arimatéia Dantas, contou da presença da presidente da Fundação Santa Ângela, irmã Celina, e consolidou a grande conquista para a juventude. Fundação, que de acordo com o parlamentar, realiza um excelente trabalho na educação da juventude, não só para a população de Pedro II, mas também, para de todos os municípios vizinhos.

Segurança Pública - “Também quero registar o que está acontecendo, nesse momento em São Luís, onde o Governador Wellington Dias, através de uma grande articulação feita com outros governadores, está assinando um consórcio do Nordeste, de grande valia para a nossa região”, resssaltou o deputado.

Ele acrescentou que com esse consórcio será possível criar condições de unificar as ações, tanto na área da segurança pública, quanto na área da educação, saúde, e trazer melhorias para o povo nordestino. “A união entre os nove estados do Nordeste irá fazer com que possamos melhorar as nossas políticas públicas e fazer uma articulação em trono do maior problema que hoje aflige os estados brasileiros, que é a questão da Previdência, através da PrevNordeste, onde vamos ter uma previdência complementar, que poderá indicar melhorias nas nossas contas públicas e tranquilidade aos nossos servidores” finalizou.

Comentários

Apoio: