Política

Valor do FPM de Teresina é igual ao repassado em 2015

Firmino Filho afirmou que nunca viu um ano tão ruim como o de 2016
Fonte: PMT | Editor: Paulo Pincel 25/09/2017 19:30
Prefeito de Teresina, Firmino Filho (PSDB) Prefeito de Teresina, Firmino Filho (PSDB)Foto: Paulo Pincel

A queda do Fundo de Participação do Município (FPM) repassado para a Prefeitura de Teresina alcançou números preocupantes, registrando uma queda significativa, aos valores recebidos pelo município em 2015. A revelação foi feita pelo prefeito Firmino Filho (PSDB), ao falar sobre a crise financeira que se abateu sobre o país, atingindo as administraões federal, estaduais e municipais.;

“Eu nunca vi um ano tão ruim como no ano passado, mas nós conseguimos fazer mágica. Neste ano, a receita continua baixa. Esse início de gestão, enxugamos a máquina para o país voltar a crescer. Estamos com o planejamento interno, plantando boas sementes para colher bons frutos", revelo o prefeito.

De janeiro a agosto, a prefeitura conseguiu reduzir em R$ 48 milhões as depesas do município. A meta, estabelecida na primeira reunião com o secretariado, em feveriro, é fechar o ano com R$ 60 milhões a menos nos gastos com a máquina administrativa municipal.

Sobre o Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN), Firmino Filho afirmou que o novo tributo é necessário para não atrasar a folha de pagamento dos servidores municipais. "Prefiro cobrar taxa a atrasar salário, prefiro cobrar taxa a fechar escola", afirmou o prefeito.

“Essa medida pode ser impopular, mas foi necessária para a cidade. Por isso, peço a compreensão de todos. Entre cobrar uma taxa e fechar uma escola, prefiro cobrar a taxa. Entre cobrar uma taxa e fechar uma UBS, eu prefiro cobrar a taxa; Entre atrasar a folha de pagamento e cobrar uma taxa, eu prefiro cobrar uma taxa. Temos que melhorar a nossa cidade; e é essa opção que tenho feito”, concluiu o tucano.

Comentários