Geral

Fóssil confirma: pterossauro viveu entre o Piauí, Ceará e Pernambuco

araripe chapada voador réptil
Fonte: agbr 22/03/2013 12:08 - Atualizado em 16/10/2016 09:05
Bicho viveu na Chapada do Araripe Bicho viveu na Chapada do AraripeFoto: agbr
A descoberta do maior réptil pré-histórico voador da América do Sul foi anunciada no dia 20 de março de 2013, pelo Museu Nacional da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Encontrado no Nordeste do Brasil, o pterossauro media 8,5 metros de uma asa à outra e pesava 70 quilos.

A descoberta foi feita na Chapada do Araripe, entre os estados do Ceará, Piauí e de Pernambuco, por três grupos de pesquisadores brasileiros. Eles encontraram 60% do fóssil do animal, incluindo o crânio, em bom estado de preservação.

O trabalho dos brasileiros foi publicado nesta semana, pela Academia Brasileira de Ciências. A partir de ontem (22), uma réplica do pterossauro será exposta na sala de paleontologia do Museu Nacional, que abriga uma exposição desses animais, com peças originais.

Comentários

Matérias Relacionadas