Política

Flora solicita a instalação de placas nas rodovias estaduais

Flora Izabel cobrou a a colocação de placas indicativas pelo DER-PI
Fonte: Alepi | Editor: Paulo Pincel 15/04/2019 16:57
Deputada estadual Flora Izabel (PT) Deputada estadual Flora Izabel (PT)Foto: Caio Bruno/Alepi

A deputada Flora Izabel (PT) requereu do Governo do Estado a colocação de sinalização nas rodovias estaduais do Piauí, inclusive nos pontos turísticos existentes no Piauí, citando a Cachoeira do Urubu, em Esperantina, e a Praia de Barra Grande, em Luis Correia.

Flora Izabel solicitou do Departamento Estadual de Estradas de Rodagens do Piauí a colocação de placas indicativas com os nomes nas entradas das cidades e as que orientam os motoristas sobre a distância que falta para se chegar às localidades. “Com o passar do tempo, essas placas ficaram desgastadas e novas placas devem ser colocadas nas rodovias”, propôs.

Atendimento

Flora Izabel requereu que os Serviços de Proteção ao Consumidor (Procons) da Assembleia Legislativa e do Ministério Público Estadual fiscalizem o cumprimento da lei de sua autoria que estabelece um prazo limite de 30 minutos para o atendimento aos clientes nos dias normais ou de 45 minutos em outros dias nos estabelecimentos bancários no Piauí.

ENCONTRO – Por sua vez, o líder do Governo, deputado Francisco Limma (PT), registrou, no espaço dos pequenos avisos, a abertura na manhã de hoje do Encontro Estadual de Povos Indígenas que ocorre no Museu do Piauí. Ele afirmou que o cacique Henrique, de Lagoa do São Francisco, propôs ao Governo do Estado que apresente Projeto de Lei na Assembleia Legislativa visando o reconhecimento da existência de povos indígenas no Piauí, como os cariris e canelas.

O líder Francisco Limma agradeceu ao Governo do Estado o atendimento à solicitação que apresentou no sentido de que fossem adotadas medidas visando a recuperação da rodovia PI-236 no trecho entre Oeiras e Tanque do Piauí. Ele registrou ainda, no espaço dos pequenos avisos, o transcurso hoje do Dia Mundial da Conservação do Solo.

Comentários