Esportes

Flamengo vence Sport e mantém esperança em busca do título

Flamengo venceu o Sport, na Ilha do Retiro - 1 a 0
Fonte: globoesporte.com | Editor: Redação 18/11/2018 17:28
Torcida do Flamengo Torcida do FlamengoFoto: Reprodução

RESUMÃO

No sufoco, com um a menos e gol de cabeça de Willian Arão, o Flamengo venceu o Sport, na Ilha do Retiro - 1 a 0 - e voltou à segunda colocação do Brasileiro. O Leão, que jogou com um a mais desde os 15 minutos do segundo tempo, perdeu também a chance de se distanciar da zona de rebaixamento. Com 38 pontos, está a apenas um do 17º colocado, a Chapecoense, que enfrenta o Grêmio, às 19h. Com 66 pontos, os cariocas estão a cinco pontos do Palmeiras, que empatou com o Paraná Clube, a três rodadas do fim do Campeonato Brasileiro.

PANORAMA

Os pernambucanos enfrentam a Chapecoense, em Chapecó, na próxima quinta-feira (21h), em duelo direto para se afastar da zona de rebaixamento. Até o fim do Brasileiro, o Sport enfrenta o São Paulo, no Morumbi, e o Santos na Ilha do Retiro. O Rubro-Negro carioca recebe o Grêmio, às 21h45, na quarta-feira, no Maracanã. Fecha o Brasileiro contra o Cruzeiro, em Belo Horizonte, e diante do Atlético-PR, no Rio de Janeiro.

PRIMEIRO TEMPO

Pressionado com 39 pontos, a três da zona de rebaixamento, o Sport dominou a primeira etapa contra o Flamengo, que normalmente tem maior posse de bola, mas saiu para o intervalo com 40% contra os 60% dos pernambucanos. Com Mateus em cima de Léo Duarte, improvisado como lateral-direito por Dorival, que não tinha Pará e Rodinei, suspensos, o time de Milton Mendes teve a melhor chance em cobrança de falta de Michel Bastos, com boa defesa de César.

As chances do Flamengo saíam pelo lado esquerdo de ataque. Renê e Vitinho se entendiam bem e criavam boas chances. A melhor delas triangulação com Paquetá, que o lateral-esquerdo colocou na canhota de Vitinho. O chute saiu fraco. Em seguida, o trio repetiu lance de perigo, com boa defesa de Maílson.

SEGUNDO TEMPO

A expulsão de Lucas Paquetá - fez duas faltas no intervalo de seis minutos - aos 15 minutos fez a segunda etapa repetir o padrão do primeiro tempo com o Sport em cima do Flamengo, mas sem conseguir grandes chances. Dorival colocou Berrío e Éverton Ribeiro nos lugares de Dourado e Geuvânio. Milton colocou Fellipe Bastos e Marlone - saíram Marcão Silva e Hernane.

No contra-ataque, Éverton Ribeiro e Berrío tabelaram. No cruzamento, o colombiano acertou a trave. A resposta do Sport veio em chutaço de Fellipe Bastos, com boa defesa de César. O gol do Rubro-Negro carioca saiu em cobrança de escanteio de Vitinho. Willian Arão se antecipou a Maílson, que saiu mal, e fez o gol do alívio flamenguista. Os pernambucanos partiram para cima de vez, pediram pênalti em Matheus Peixoto de César, mas não ameaçaram a vitória dos cariocas.

Comentários

Matérias Relacionadas