Esportes

Torcida do Flamengo Desaprova Dorival Jr como técnico

Abel Braga não fehcou a porta e pode assumir no início da temporada
Fonte: O Globo | Editor: Paulo Pincel 28/09/2018 16:30
Dorival Júnior treinou o Flamengo entre 2012 e 2013 e acionou o clube na Justiça Dorival Júnior treinou o Flamengo entre 2012 e 2013 e acionou o clube na JustiçaFoto: Marcelo Theobald

A questão financeira e a falta de opções no mercado pesaram na escolha de Dorival Júnior como substituto de Maurício Barbieri, demitido nesta sexta-feira (28) pelo Flamengo. A maior parte da torcida rubronegra (66%), em pesquisa no site da Globo, não aprova Dorival Jr. como técnico do Flamengo.

Dispensado nos primeiros meses da gestão Bandeira, Dorival processa o clube e pede mais de R$ 10 milhões em pagamentos atrasados. O caso está na Justiça, e a dívida será equalizada com a proposta aceita para assumir o time até o fim do ano. Restam 12 jogos no Brasileiro para o rubro-negro, que ocupa o quarto lugar, a três pontos da liderança.

Dorival foi um plano B do Flamengo, que procurou Abel Braga mais uma vez. Mas o treinador voltou a recusar a proposta ao alegar que pretendia começar um projeto do início. Ele lamentou inclusive que Barbieri tenha tido o trabalho interrompido.

— Fiquei sabendo agora e lamento muito a saída do Barbieri, pois foi como sempre: o momento negativo só tem um endereço — resumiu Abel.

A situação política e o fim de temporada foram as explicações de Abel para negar o convite mais uma vez, embora esteja no Rio disponível e com vontade de voltar a trabalhar.

— Gosto de começar trabalho, de criar diretrizes, de criar filosofias. É preciso de tempo para se ter planos estratégicos — disse Abel, em contato com O Globo

Dorival foi o único que aceitou assumir o Flamengo até o fim do ano, em um contrato de três meses. Em baixa no mercado, o treinador tem a experiência como fator favorável em relação a Barbieri. O nome de Levir Culpi também circulou na Gávea, mas o favorito era Abel Braga, que declinou e pode voltar ao cenário em 2019, após as eleições.

Comentários

Matérias Relacionadas