Política

Firmino sai e Luciano Nunes assume PSDB no Piauí

Pré-candidato anunciou a filiação de Zé Filho no dia 5 de abril
Fonte: TV Cidade Verde | Editor: Paulo Pincel 27/03/2018 17:27
Deputado estadual Luciano Nunes (PSDB) Deputado estadual Luciano Nunes (PSDB)Foto: Paulo Pincel

O deputado estadual Luciano Nunes, pré-candidato a governador, vai presidir o PSDB no Piauí, com a saída do deputado estadual Firmino Paulo.Luciano anunciou nesta terça-feira (27), a filiação do ex-governador Zé Filho, em evento marcado para 5 de abril.

“Estou assumindo o comando do PSDB e temos um projeto de ter uma candidatura. Nós vamos buscar todas as forças políticas de oposição que queiram se somar a este projeto. O Zé Filho é uma liderança, já foi do PSDB e será muito bem recebido”, adiantou Luciano em entrevista à TV Cidade Verde. “Se há alguma divergência, que isso possa dirimido em nome do projeto do PSDB que tem uma pré-candidatura ao governo do estado”, defendeu.

Luciano Nunes foi apanhado de surpresa pelo pedido de desfiliação de Firmino Paulo, que é sobrinho do prefeito de Teresina, Firmino Filho, que também pode estar de saída do PSDB.

“Estamos surpresos. O Firmino Paulo era o presidente do partido até ontem. Ele foi um dos que lançou nosso nome para a pré-campanha e nos acompanhou nas manifestações de janeiro até agora. Todos nós fomos pegos de surpresa quando ele nos comunicou. Deve ter sido uma decisão difícil e ele que siga o caminho dele”, acrescentou.

A saída de Firmino Paulo e a filiação da primeira-dama Lucy Silveira ao Progressistas é uma sinalização de que o prefeito não cogita mais uma candidatura ao governo.

“Se o presidente do PSDB, que tem relações pessoais com o prefeito, migra pra outra sigla e a primeira-dama permanece num partido que é contra o projeto do PSDB, essa é a mais eloquente sinalização da não pré-candidatura do prefeito. Não consideramos mais essa possibilidade. Eu assumo a presidência do PSDB e firmo meu propósito de seguir a caminhada. Fui conversar com o prefeito e colocar esse fato novo a ele, como prefeito da capital, tratar da situação do partido. Fui dizer que estou assumindo o partido e reafirmar que continuo pré-candidato”, avisou.

Vídeo

Já o deputado estadual Marden Menezes (PSDB) divulgou um vídeo onde chama de "molecagem", "patifaria", a informação divuilgada por um portal de notícias na internet anunciando a saída dele do partido para ingresso no MDB.

Comentários