Política

Firmino admite reduzir o valor da tarifa para menos de R$ 4,00

O prefeito admitiu rever o valor da tarifa depois da reação dos teresinenses
Fonte: Com informações da PMT | Editor: Alinny Maria 07/01/2019 12:11
Ônibus em Teresina Ônibus em TeresinaFoto: Alinny Maria

O prefeito de Teresina, Firmino Filho (PSDB), retornou às suas atividades nesta segunda-feira (7), após o recesso de final de ano, e já discute o reajuste da tarifa de ônibus. Firmino Filho admitiu que a Prefeitura deve definir um valor inferior aos R$ 4,02 aprovado pelo Conselho Municipal de Transporte e da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito – Strans.

O prefeito disse que está analisando os relatórios do Conselho e deve se pronunciar nos próximos dias. "Vamos nos debruçar nos próximos dias para que possamos tomar uma decisão. Aparentemente, a posição do conselho foi de escolher um número que viesse a zerar os subsídios. Mas vamos buscar dentro do orçamento uma forma para que possamos minimizar essa carga sobre a população", disse.

Os subsídios são valores pagos pelo município para compensar gratuidades e a passagem dos estudantes, que atualmente corresponde a cerca de 42% do valor da passagem inteira. "Buscaremos os recursos para bancar essa diferença. Qualquer valor abaixo do que foi decidido pelo Conselho vai exigir do Tesouro Municipal a alocação de subsídios através do Fumtran [Fundo Municipal de Transportes]", explica.

Comentários