Economia

Feira Estadual da Economia Solidária gera renda para empreendedores

Trinta e sete empreendimentos participaram desta edição com a exposição de vários produtos (Jean Carlos)
Fonte: Governo do Piauí | Editor: Redação 13/11/2017 15:39
Feira Estadual da Economia Solidária Feira Estadual da Economia SolidáriaFoto: Reprodução

A edição de novembro da Feira Estadual da Economia Solidária da Secretaria de Estado do Trabalho e Empreendedorismo (Setre), que estava prevista apenas para os dias 7, 8 e 9 deste corrente mês, ganhou mais um dia devido o sucesso dos produtos expostos. Na sexta-feira (10) os empreendedores ainda estavam com seus stands no pátio da Seduc no Centro Administrativo de Teresina, com as exposições de seus produtos para a venda e divulgação dos empreendimentos.

Ao todo, 37 empreendimentos participaram da edição, com a exposição de produtos de artesanato em tecido, cerâmica e madeira, produtos gastronômicos, vestuários, calçados e artigos recicláveis. Mostrando suas criatividades e às mais variadas novidades no empreendedorismo piauiense, oportunizando a venda de produtos de variados tipos, para assim fomentar a nossa economia.

Para o secretário de Estado do Trabalho e Empreendedorismo, Gessivaldo Isaías, a Economia Solidária é de grande importância para o desenvolvimento do nosso Estado. "Foi pensando nisso que, o Governo, por meio da nossa secretaria, buscou fortalecer essa economia no Piauí, com as feiras realizadas mensalmente e de trabalhos realizados em prol desta atividade”, diz o gestor.

A economia solidária é uma alternativa inovadora na geração de trabalho e na inclusão social, na forma de uma corrente do bem que integra quem produz, quem vende, quem troca e quem compra. É nessa perspectiva que Setre trabalha para a realização da Feira e concretização dos objetivos esperados pelo projeto. No Total, o evento movimento mais de R$ 21,5 mil, concretizando assim os objetivos esperados pelos microempreendedores que fazem parte da Economia Solidária e que se mantêm motivados a participar das próximas edições.

Como é o caso da Eliane Silva, que participou pela primeira vez da Feira e relata ter tido ótimos lucros com seus calçados. “A Feira foi uma ótima experiência, pretendo participar de mais outras edições. Obtive minhas estimativas alcançadas. Quem deseja divulgar seu serviço a Feira é o lugar certo”, pontuou a expositora.

Comentários