Saúde

Assistência Farmacêutica fez mais 230 mil atendimentos em 2017

Mantendo 95% de regularidade no fornecimento de medicamentos
Fonte: Sesapi | Editor: Redação 29/01/2018 10:00
Florentino Neto Florentino NetoFoto: portal do bikanca

A Secretaria de Estado da Saúde, por meio da Assistência Farmacêutica, atendeu mensalmente, uma média de 19.700 pacientes em 2017, nas 11 unidades localizadas em Teresina e no interior, totalizando 236.400 atendimentos no ano. Além disso, distribuiu 25.718.410 unidades posológicas de medicamentos, entre comprimidos, ampolas e frascos, beneficiando usuários em todos os 224 municípios do Estado do Piauí.

As posologias foram disponibilizadas às Farmácias Ambulatoriais do Estado, Municípios e Unidades Prisionais, atendendo os componentes básico, estratégico, especializado, oncológico e demandas judiciais. Ao todo, foram investidos R$89.628.562,01, entre recursos do Estado e da União.

O quantitativo indica uma regularidade de 95% na dispensação dos medicamentos, percentual atingido pela interiorização das Farmácias e a expansão do Horus, sistema de informatização de toda a rede farmacêutica estadual, como explica o diretor da Assistência Farmacêutica, Jean Batista. “Ampliamos mais uma farmácia de componente especializado no interior, que foi a de Uruçuí, além de melhorarmos algumas regionais de saúde, com a implantação do sistema Horus Estratégico, como nas unidades de Piripiri, Floriano, Bom jesus e Teresina e ainda a incorporação de 12 medicamentos, que passaram a componente especializado, por meio de uma portaria, num acordo feito em 2016, com o Tribunal de Justiça”, relata.

O cadastro contínuo de novos pacientes também influenciou no atingimento daquele percentual e no aumento dos atendimentos. A nutricionista Andréa Vasconcelos se cadastrou ao final de 2017 e nesta última semana, no dia 25, recebeu os frascos de somatropina, medicamento usado para o crescimento. “O médico de minha filha Júlia, de 11 anos, passou essa medicação no final do ano passado. Segui as orientações que ele e a Farmácia passaram e deu tudo certo, já recebi. Agora, das próximas vezes, virei no turno da tarde, que sei que é mais vago”, afirma.

Expansão na assistência

A Assistência Farmacêutica faz o atendimento de aproximadamente 20 mil por mês, referentes a 73 protocolos clínicos e 184 apresentações farmacêuticas. Desses, para a assistência ao paciente diabético, pelo Programa Estadual, são 2.204 usuários cadastrados, com a dispensação de insulinas e hipoglicemiantes orais específicos.

Para o tratamento contra a hepatite C, foram 425 usuários atendidos, em períodos compreendidos em três ou seis meses, com cura de cerca de 100% para os pacientes que aderiram ao novo esquema terapêutico, adotado pelo Estado em 2017. Além de atender diretamente os mais de 21 mil pacientes nas 11 Farmácias localizadas no interior do Estado e na capital, há também usuários nos municípios, hospitais e sistema prisional.

Para o tratamento da hanseníase, por exemplo, a Secretaria de Saúde ampliou mais duas Unidades Públicas Dispensadoras de Talidomida, em Oeiras e São Raimundo Nonato, o que garantiu o aumento na dispensação do medicamento Talidomida. Aos 224 municípios, foram distribuídas insulinas básica e regular e anticoncepcionais, além de transferir recursos aos fundos municipais para a aquisição de medicamentos básicos. A Farmácia também enviou medicamentos para o sistema prisional, atendendo 14 unidades prisionais para uma população carcerária de 4.200 pessoas privadas de liberdade.

Comentários