Ciência & Tecnologia

Exploração Infantil: Polêmica leva YouTube a eliminar mais de 400 canais

A alegada presença de vídeos de exploração infantil já levou a Nestlé, a Disney e a Epic Games a retirarem anúncios da plataforma de vídeos.
Fonte: Notícias ao Minuto | Editor: Redação 22/02/2019 11:39
YouTube YouTubeFoto: Reprodução

O YouTube pode estar prestes a lidar com uma nova crise de anunciantes depois de começarem a circular acusações de exploração infantil na plataforma por parte de canais, vídeos e comentários. Tudo começou com um vídeo publicado por um usuário de nome Matt Watson, que demonstrou em um vídeo como era possível visualizar vídeos e comentários predatórios

Desde então, empresas como a Nestlé, a Disney e a Epic Games retiraram a publicidade que tinham na plataforma, uma ação que levou o YouTube a remover mais de 400 canais e apagar dezenas de milhões de comentários de modo a reconquistar a confiança dos criadores.

A empresa assegurou também estar “aumentando a equipe para manter as pessoas em segurança” e afirmou que “todos no YouTube” estão trabalhando para resolver o problema. Entretanto, segundo o The Verge, são vários os criadores de conteúdos que estão vindo a público manifestar o seu apoio pelo YouTube, preocupados também que acabem ficando sem anúncios nos seus vídeos.

Comentários

Apoio: