Polícia

Ex-prefeito é preso por mandar matar assassino de ex-vereador

O ex-prefeito foi apontado como mandante da chacina que ocorreu em Alagoinha
Fonte: Redação Piauí Hoje | Editor: Alinny Maria 14/05/2018 10:38
Ex-prefeito José Navez da Rocha Ex-prefeito José Navez da RochaFoto: Divulgação

O ex-prefeito de Vila Nova do Piauí, José Navez da Rocha, e mais duas pessoas foram presas por envolvimento em uma chacina ocorrida no ano passado em Alagoinha. Segundo o delegado de Pio IX, Aureliano Barcelos, Zé Navez foi o mandante da chacina que resultou na morte de três pessoas, entre elas o executor do ex-vereador Emídio Reis da Rocha, primo do ex-prefeito, morto em 2013.

De acordo com o delegado, a chacina ocorrida no ano passado em uma residência no povoado São João, zona rural de Alagoinha, foi realizada para vingar a morte de Emídio Reis. Uma das pessoas mortas na chacina foi Antônio Virgílio, que é considerado um dos executores de Emídio. Nesse dia também foram mortos a mãe de Antônio Virgílio, Terezinha Francisca de Sá e sua cuidadora, Conceição Francisca.

Antônio Virgílio Antônio Virgílio, um dos acusados de matar Emídio Reis

O ex-vereador Emídio Reis foi morto em fevereiro de 2013. Ele levou dois tiros e foi enterrado vivo. O corpo do ex-vereador foi encontrado no matagal próximo à Pio IX.

Além do ex-prefeito José Navez da Rocha também foram presos Wasson da Silva Rocha, primo de Emídio Reis e Edivaldo de Sá. Segundo as investigações, o ex-prefeito teria pago R$ 10 mil para vingar a morte do primo Emídio Reis. Os presos negam as acusações.

Comentários