Polícia

Padrasto estuprou, matou e enterrou menina de 10 anos

Alanna Ludmila foi morta asfixiada e enterrada no quintal de casa
Fonte: Polícia Civil/MA | Editor: Paulo Pincel 05/11/2017 11:28
Alanna Ludmila foi morta pelo padrasto Robert Serejo Alanna Ludmila foi morta pelo padrasto Robert SerejoFoto: Montagem

Robert Serejo Oliveira, 31 anos, estuprou e matou a enteada Alanna Ludmilla, de 10 anos, na manhã de quarta-feira (2). O corpo foi achado na sexta-feira (3), enterrado numa voca rasa no quintal de casa no bairro Maiobão, na cidade de Paço do Lumiar, em São Luís (MA).

Em entrevista coletiva, na tarde de sábado (4), a polícia apresentou o ex-padrasto da menina, que está em cela isolada no Centro de Triagem de Pedrinhas, no Maranhão. O assassino contou que pulou o muro da casa da ex-mulher e entrou na casa pela porta da frente, já que tinha uma cópia da chave, mesmo separado da mãe da criança, Jaciane Borges.

A mãe tinha ido a uma entrevista de emprego e a menina estava sozinha em casa. Ludmila gritou, mas Robert, com a mão, tapou a boca da criança e a agrediu com violência. Em seguida cometeu o estuprou. O criminoso matou a menida asfixiada usando um saco plástico.

O corpo, amarrado com as mãos para trás, foi enterrado no quintal de casa, sob um monte de telhas. Um vizinho sentiu um odor forte vindo do quintal da casa e encontrou o corpo de Ludmila, que estava despido e com um saco plástico preto na cabeça.

O corpo de Alanna Ludmila foi enterrado no quintal de casa
O corpo de Alanna Ludmila foi enterrado no quintal da casa onde morava com a mãe (Foto: Reprodução)

Para despistar as investigações, Robert Serejo roubou e descartou uma mochila da menina em outro bairro. Robert foi preso na manhã de sábado (4) dentro de uma van fugindo para o interior do Maranhão.

As imagens de câmeras de segurança próxima à casa de Ludmila mostraram o ex-padastro da criança momentos antes do desaparecimento da criança. Robert Serejo depôs na delegacia e negou saber o paradeiro da menina. Depois que o corpo foi encontrado, Robert desapareceu e era considerado foragido.

Robert Serejo com Alanna Ludmila

Robert Serejo com Alanna Ludmila (Foto: arquivo pessoal)

Comentários