Mundo

EUA: Primeira execução de 2019 é realizada no Texas

Robert Mitchell Jennings, de 61 anos, foi condenado por matar um policial a tiros em 1988. Suprema Corte rejeitou nesta quarta-feira última apelação.
Fonte: G1 | Editor: Redação 31/01/2019 10:53
Robert Mitchell Jennings Robert Mitchell JenningsFoto: Texas Department of Criminal Justice via AP

Os Estados Unidos realizaram nesta quarta-feira (30) sua primeira execução de 2019: a de um homem condenado por assassinar um policial há 30 anos durante uma tentativa de assalto.

Robert Mitchell Jennings, de 61 anos, foi executado por injeção letal em uma prisão de Huntsville, no Texas, pouco depois das 22 horas (horário de Brasília). A Corte Suprema, que poderia suspender a pena até o último minuto, rejeitou o pedido de clemência. Jennings matou a tiros o policial Elston Howard em uma livraria para adultos em 19 de julho de 1988, segundo uma sentença do tribunal e a imprensa local.

O policial, de 24 anos, detinha um funcionário da livraria por exibir ilegalmente filmes pornográficos quando Jennings, que havia acabado de assaltar uma sala de exibição de filmes para adultos, entrou no estabelecimento. Jennings foi até Howard e atirou nele duas vezes. Depois que o policial caiu, Jennings voltou a disparar antes de fugir.

A defesa enviou várias apelações desde a sua condenação, em 1989. Nos pedidos de clemência, seus apoiadores destacaram a sua difícil educação e suas limitações intelectuais. Esta semana, um tribunal negou a sua última apelação, que se focava nas deficiências de sua defesa legal em casos anteriores. Em 2018, os Estados Unidos realizaram 25 execuções, sendo 13 delas apenas no estado do Texas.

Comentários